5 fatores eliminatórios num processo seletivo de estágio

Autora: Camila Martins

contratação de estagiários é realidade em 76% das empresas brasileiras, segundo um levantamento da Catho, o que indica o alto número de inserção de universitários e secundaristas no mercado de trabalho. Para a maioria desses jovens, o estágio representa o primeiro contato formal com o mercado, por isso, muitos deles não têm afinidade com processos seletivos e recrutadores.

A Assessora de Carreira da Catho, Juliana Pereira, listou 5 fatores que podem desclassificar um candidato no processo seletivo de estágio. Confira:

1. Falta de pontualidade. Chegar atrasado a uma entrevista pode demonstrar desorganização e pouco comprometimento. Nenhum entrevistador quer correr o risco de contratar um profissional que, provavelmente, terá dificuldades para entregar suas tarefas no prazo e cumprir os horários de trabalho. Caso ocorra algum imprevisto no trajeto, avise o quanto antes a empresa e tente negociar novos horários.

2. Roupas inadequadas. A roupa é responsável pela primeira impressão que causamos nas pessoas, tanto positiva quanto negativa. Para não errar, pesquise sobre o ambiente e a cultura da empresa antes da entrevista, use o site da companhia para verificar esta informação, ou, caso tenha algum conhecido que trabalhe por lá, vale a pena pedir uma ajuda. Quando conhecemos o clima da organização, seja ele, mais ou menos formal as chances de acertar na roupa é bem maior.

3. Não pesquisar sobre a empresa. É frequente o número de candidatos que participam de entrevista de emprego sem saber sobre a empresa ou, até mesmo, sobre a vaga que está se candidatando, o que reduz suas chances de sucesso. Conhecer sobre as características da empresa e o cargo pretendido é fundamental em uma entrevista, isso demonstra seu grau de interesse na vaga, bem como seu comprometimento.

4. Gírias e erros de pronúncias. É muito comum uso de gírias entre jovens, no entanto, é importante se atentar ao modo de falar, pois isso pode desclassificar o candidato. Além disso, erros de pronúncia e informalidade em excesso pode demonstrar forte despreparo e certa imaturidade por parte do candidato. É importante ficar atento no modo como falamos e como tratamos o entrevistador.

5. Mentiras. Mentir dados relacionados a habilidades e experiências pode ser muito perigoso para a imagem do candidato. Inventar cursos, referências e experiências colocam o candidato em uma situação vulnerável, pois poderá ser pego a qualquer momento, perdendo assim, toda a possibilidade de ser contratado. É extremamente importante que o candidato seja verdadeiro nas respostas e se demonstre disposto a adquirir
determinada competência ou habilidade que podem contribuir para alcance dos resultados.

Pronto pra concorrer àquela vaga estágio e mandar bem no processo?

No trabalho, OUVIR pode ser mais importante do que FALAR

Empreender possui diversos formatos. Encontre o seu!

21 Dicas para atrair o emprego desejado