5 regras para evitar a demissão

Em momentos de crise econômica, muitas pessoas se sentem ameaçadas no trabalho, com medo de possíveis demissões. Essa não é uma preocupação infundada, já que o índice de desemprego não para de crescer. No trimestre encerrado em agosto, o número de desempregados no Brasil chegou a 12 milhões, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Normalmente, os profissionais mais comprometidos, com maior desempenho e vontade de crescer não são cogitados quando surge a necessidade de fazer cortes. No entanto, algumas atitudes e comportamentos que às vezes são realizados inconscientemente podem colocar o emprego em risco.

Para não cair nessa armadilha, separei cinco atitudes simples que podem evitar uma demissão e melhorar a sua avalição profissional. São elas:

1 – Organização:

O mundo dos negócios é feito de prazos e, por isso, não ter um bom planejamento irá contribuir de forma negativa para a formação da sua imagem. Procure um método que combine com o seu estilo de ser, como agendas e smartphones, e crie uma rotina de atualização dos status de seus compromissos. Cumprir a palavra quando se fala em datas importantes é um ótimo atributo para a sua carreira.

2 – Evitar reclamar o tempo todo:

Cuidado para não se transformar em uma pessoa amarga e que reclama o tempo todo. Geralmente, os colegas de trabalho estão abertos para nossos problemas quando eles aparecem esporadicamente. Quem sempre está com um humor ruim acaba criando um sentimento natural de afastamento. Lembre-se que problemas são, na verdade, oportunidades de superação e destaque se, ao invés de nos lamentarmos, irmos atrás das soluções. Isso, além de deixar a pessoa com o sentimento de autoconfiança afiado, chama a atenção dos supervisores, ganhando destaque em sua atuação profissional.

3 – Responder e-mails:

Por mais desnecessário que pareça, sempre responda às mensagens enviadas ao seu e-mail profissional. Não se manifestar irá fazer com que as pessoas o vejam como alguém sem comprometimento ou até irresponsável. Essa recomendação é válida especialmente para os e-mails de seus superiores e clientes.

 

4 – Parar de pedir desculpas por tudo:

Muitas vezes, pedir desculpas é visto como um argumento para justificar algo que não deu certo. Ao invés disso, tenha uma atitude proativa e, ao apresentar um resultado negativo, já demonstre também à solução para reverter o cenário. Dessa forma, as pessoas vão entender que você está comprometido com o sucesso das suas atividades, mesmo que, às vezes, as coisas saiam do programado.

5 – Evitar sair da sala toda hora para usar celular:

A não ser por coisas urgentes ou relacionadas ao trabalho.

Como aproveitar o final de semana e trabalhar ao mesmo…

O que fazer quando um colaborador chora no trabalho

5 perguntas para saber se é o momento certo de…