Descontração no trabalho? Cuidado com exageros!


Com a chegada da geração Z ao mercado de trabalho e o crescimento de ambientes de trabalho como os escritórios do Google e do Facebook, a informalidade dentro das empresas acabou chegando com o pé na porta. Afinal, quem não quer ser comparado com duas das maiores empresas do mundo? E, convenhamos, quem nunca teve o desejo de ser “cool”?

Não sabe o que é ser “cool”? O #NaLabuta explica! Sabe aquele cara maneiro e descolado do escritório? Sim, aquele mesmo que tem um jeito para resolver tudo sem se estressar demasiadamente e ainda consegue rir de si mesmo nas situações mais fora do normal.

Esse assunto te interessa? Para receber mais conteúdo relacionado a carreira, basta cadastrar seu e-mail abaixo.

[newsl]


Pois é, por conta disso, em muitos escritórios, a informalidade já faz parte da rotina dos seus funcionários. E essa mudança comportamental pode se dar de diversas maneiras, como a vestimenta das pessoas que ali trabalham, ou um e-mail descontraído trocado com o time e até em estruturas mais sólidas da companhia, como a horizontalização da hierarquia.
Diante de um novo jeito de se relacionar profissionalmente, muitos trabalhadores acabam ficando sem limites na hora de ser informal e, consequentemente, pesando a mão, justamente pelo fato de que, às vezes, não existe uma distinção definida deste limite.
Apesar de bem aceito, o jeito cool e engraçado precisa ser dosado de acordo com cada situação. Saber identificar estes momentos em que a seriedade deve ser a protagonista pode ser um grande diferencial dentro do mercado de trabalho.
– Gírias e palavrões não são mais tabus dentro das empresas, mas usá-los “sem freio” não pega bem. Evite a informalidade em reuniões com clientes ou com companheiros de trabalho que você não tenha tanta afinidade.
– Atenção ao dress code! Dá para imprimir o seu estilo descontraído no look do dia a dia do trabalho, mas para não errar, repare no que as outras pessoas estão usando e tente seguir o mesmo padrão! Ah, e não vale ir de bermuda e camiseta se a empresa pede terno e gravata!
– Deixe a informalidade para os e-mails internos, de rotina. Se o assunto for causar problemas ou se for algo mais sério, mantenha o tom formal.

[adinserter name=”relacionadas”]

3 fatores que atrapalham profissionais maduros a voltarem ao mercado…

Barreiras da inclusão no mercado de trabalho

Como conseguir emprego sem experiência?