Como valorizar a experiência no currículo

O campo com as informações de experiência profissional é, sem dúvida, um dos mais importantes do currículo. Lá, o candidato deve descrever as atividades e os projetos que desenvolveu e os resultados que eles trouxeram para a empresa.

O ideal é que neste espaço o profissional ressalte os cargos mais recentes que ocupou, incluindo a data de admissão e saída, o nome da empresa e funções. Em poucas linhas, ele deve apresentar sua experiência e realizações em cada empreitada, explicando os projetos que liderou ou participou e, o mais importante, destacando as metas atingidas.

“Muitas vezes, essa informação [resultados conquistados] é até mais rica e importante para o recrutador do que a atividade em si, porque mostra o quanto o profissional contribuiu efetivamente para o resultado da empresa”, explica Luis Testa, diretor da Catho.

O executivo também reforça a necessidade de o candidato acrescentar, junto com as informações sobre as experiências acumuladas, referências profissionais, como quem era o seu gestor em determinado trabalho, para permitir ao recrutador que estiver analisando o currículo entrar em contato com a empresa e validar as atividades descritas e os resultados que o profissional diz ter alcançado.

Quer saber mais sobre o assunto? Assista ao vídeo abaixo e acompanhe todas as dicas da série Minuto Catho.

Aproveite o feriado para pensar em sua carreira

5 dicas para o trabalho temporário virar efetivo

Eu posso trabalhar com horário flexível?