Alavanque sua carreira: 5 dicas sobre planejamento profissional

5 dicas sobre planejamento profissionalDecidir por uma empresa e não por outra, fazer um curso de pós-graduação, ou até mesmo negociar seu salário no emprego atual. Estes são alguns exemplos de ações e decisões que constituem um planejamento de carreira.

Todos nós tomamos decisões em nossas trajetórias com o objetivo de crescer cada vez mais, seja na profissão ou nas conquistas pessoais. Para tal, é necessário traçar um plano, onde entrarão metas, objetivos e escolhas, que darão o rumo de sua história profissional.

Para te ajudar em como pensar em um planejamento de carreira sólido, conversamos com a escritora, consultora e professora e coach Chana Vasco, que dá alguns direcionamentos:

1. Pense antes de agir

As pessoas devem ter em mente tudo aquilo que diz respeito à situação atual da pessoa e aonde ela quer chegar. E mais que isso, ela deve entrar em ação. Alguns aguardam por uma situação ideal, uma oportunidade, o que pode nunca aparecer. Os profissionais bem-sucedidos são aqueles que, além de se prepararem, criam as próprias oportunidades.

2. Tenha autoconhecimento

O primeiro passo é a pessoa ter clareza de onde ela está, ou seja, saber quais são as habilidades e competências individuais. O networking e demais recursos disponíveis que, no momento, podem ajudá-la a alavancar a carreira. Isso inclui, entre outras características, idiomas, capacidade de comunicação e liderança. O autoconhecimento permite identificar as qualidades já conquistadas e aquelas que podem ser melhoradas.

3. Estabeleça metas

O indivíduo deve estabelecer metas: uma promoção, um novo emprego, o próprio negócio, quanto quer ganhar. Esta etapa é um ponto básico para a guinada profissional porque é ela que irá orientar as demais ações da pessoa. Quanto mais informações souber sobre a meta de carreira, mais fácil será conquistar o objetivo.

 

4. Crie estratégias

Após organizar suas ideias, o próximo passo é definir o que é necessário para conquistar a vida profissional dos sonhos. Ela pode enviar currículos direcionados, pedir indicações, ativar o networking, investir em marketing pessoal ou uma combinação de tudo isso. É aconselhável colocar essas estratégias no papel, pois a pessoa consegue visualizar tudo que deve fazer. Neste ponto, ela está pronta para aplicar seu plano de ação.

5. Acredite em seu potencial

O fator emocional também faz a diferença. Há pesquisas que comprovam que nosso cérebro que se condiciona de acordo com pensamentos positivos ou negativos. Se o profissional se dispõe a faze algo pensando que irá dar errado, ele fica desanimado e compromete sua performance. É preciso ter uma postura de vencedor. Isso não vai determinar que o resultado seja efetivo, mas é 50% do caminho para o sucesso e 100% do que cada um pode fazer por si mesmo.

Currículo Perfeito? Dicas em áudio para você!

Novo semestre: dicas para conseguir um estágio

Paternidade ativa e carreira