Currículo bonito ou funcional? Confira 9 dicas

Produzir um bom currículo é essencialPrincipal artifício para chamar a atenção dos recrutadores, o currículo é, como dizem, o cartão de visitas do profissional para uma nova oportunidade no mercado. Torná-lo atraente em meio à grande concorrência tornou-se fundamental, e existem técnicas importantes que podem ajudar a compor um bom currículo.

Selecionamos nove dicas para que você desperte a atenção dos recrutadores e saia na frente nos processos seletivos:

1 – Objetivo profissional

Nunca deixe de mencionar essa informação, que precisa também ser sucinta. Nunca indique diversos cargos e áreas de atuação.

2 – Experiência profissional

Procure citar resultados alcançados, descrevendo suas contribuições em cada empresa e, se possível, citando resultados quantitativos.

3 – Atribuições

Elabore frases curtas e em tópicos. Procure citar atividades desenvolvidas e os resultados de ações e projetos que tenham sido destaques.

4 – Erros de português

Currículos com esse tipo de falha dificilmente passam pela triagem dos selecionadores. É essencial que o documento possua um visual limpo, organizado e sem o uso de abreviações.

5 – Atualização

É imprescindível manter o currículo atualizado, desta forma, o selecionador não terá dificuldades de entrar em contato com você ou de identificar informações importantes sobre seu perfil profissional.

6 – Mentiras

Mentir no currículo pode trazer uma imagem ruim diante ao selecionador. Informações como o nível do idioma, por exemplo, poderão ser comprovadas facilmente através de um teste dissertativo ou oral.

7 – Exposição

Não é necessário mencionar qualidades pessoais como: “pessoa otimista, organizada, comunicativa e pró-ativa, entre outras” no currículo. Estes são pontos avaliados em etapas presenciais dos processos seletivos e podem tornar o currículo extenso.

8 – Foco

Seu currículo deve estar focado para a vaga em que está interessado, sendo condizente com sua formação acadêmica ou experiência profissional. Caso contrário, o selecionador terá a impressão de que você não tem um objetivo definido.

9 – Currículo sucinto

Procure utilizar de 1 a 2 páginas. Evite o uso de diferentes cores, tipos de fonte e muitas variações de tamanho. O ideal para destacar os campos é o uso de recursos como: negrito, itálico e marcadores para os tópicos.

 

10 passos para um currículo vencedor

O que não colocar no currículo

6 dicas para profissionais experientes estruturarem um currículo