Dica de livro: Aventuras empresariais

Considerado um clássico entre as publicações de negócios, obra do jornalista John Brooks tem sido exaltada desde seu lançamento, nos anos 1960, por leitores famosos como Bill Gates e Warren Buffett.

Reza a lenda que em 1991, Gates pediu ao amigo investidor que lhe recomendasse um bom livro de negócios. Buffett não hesitou: Aventuras Empresariais, de John Brooks. Era o seu favorito. E logo se tornou o favorito do fundador da Microsoft também.

Tido como essencial para aqueles que querem entender o mundo dos negócios e suas engrenagens, o livro conta 12 cases corporativos em que os fracassos, muito mais do que os triunfos, aparecem em destaque.

O autor conta como a Xerox, depois de uma ascensão rápida, ignorou sua área de pesquisa, que desenvolveu a rede Ethernet e a primeira interface gráfica. Anos mais tarde, estes produtos dariam origem ao sistema Windows.

A perda de 350 milhões de dólares pela Ford após o lançamento desastroso do carro Edsel também é abordada, assim como os problemas de comunicação que comprometeram os lucros da General Electric na década de 50.

Em seu blog, Gates afirma que o livro é muito mais do que uma aula sobre pontos fortes e fracos de líderes em circunstâncias desafiadoras, mas também sobre questões essenciais para entender os negócios. É assim que ele justifica a atemporalidade do livro: “É bem verdade que muitos negócios mudaram, mas os fundamentos não”.

Título: Aventuras Empresariais
Autor: John Brooks
Editora: Best Business
Páginas: 572
Preço sugerido: R$ 62,90

Aproveite o feriado para pensar em sua carreira

5 dicas para o trabalho temporário virar efetivo

Eu posso trabalhar com horário flexível?