O que fazer quando você não receber aquela promoção

A frase “a vida é como uma escada” é algo em que todos estamos acostumados a ouvir, e muitas vezes, traz à mente imagens de pessoas determinadas no topo de suas carreiras.

A verdade é que todos temos nossas próprias escadas e todos progredimos no nosso ritmo. Nosso sucesso deve ser medido em relação às nossas próprias realizações.

Entendemos que, depois de meses de entrevistas, tentando impressionar chefes e colegas de trabalho, descobrir que não conseguiu a promoção que tanto queria é muito frustrante. Entretanto, é de máxima importância transformar essa experiência em algo construtivo, o que significa saber como seguir em frente.

Aqui estão algumas dicas sobre o que fazer quando você está nesta situação.

Peça um feedback

Entender o que faltou para você ganhar a promoção pode ajudá-lo a trabalhar de forma mais inteligente. Você entenderá o que sua empresa está procurando e terá mais chances na próxima vez.Sabemos que existem vários mitos envolvendo feedback dos chefes, mas você não deve ter medo. Sugerimos que leia o artigo 5 mitos sobre o feedback.

Mantenha a calma

Se você tiver um feedback de desempenho ruim, resista à tentação de fazer algo não muito profissional. Fique calmo e tente melhorar com os resultados fornecidos. Segundo o artigo Maturidade profissional não está ligada à idade, “A inteligência e o controle emocional bem desenvolvidos são o espelho de um profissional maduro, e saber driblar e superar situações de pressão, cobrança e de conflitos é prova de que o sujeito é bem preparado”.

Considere a forma como você age em relação à pessoa escolhida

Digamos que quem conseguiu a promoção seja um colega seu. Tenha uma conversa sincera com seu colega. Deixe o ego de lado e dê os parabéns. Afinal, se o seu colega se tornou seu novo chefe, seria muito bom se ele soubesse que você está totalmente animado para trabalhar com ele nesta nova posição.

Volte a procurar empregos

É sempre bom pensar duas vezes antes de seguir esta dica. Não desista simplesmente porque está com raiva. Quando a poeira abaixar, você pode acabar se arrependendo. Porém, se você acreditar que já está pronto para um voo mais alto, comece a procurar a vaga desejada em outras empresas.

Verifique se você tem condições de se manter por um ou dois meses antes de qualquer decisão drástica. Durante este período entre o fim de um emprego e o começo do outro, você também pode encontrar trabalhos freelance para que você não precise tirar muito dinheiro de suas reservas. Lembre-se de sair de sua sua empresa atual em bons termos. Nunca se sabe quando você precisará voltar.


Sobre o autor

Mikael é um apaixonado por empreendedorismo e tecnologia. É consultor do Sebrae, especialista em SEO e Marketing digital. Busca contribuir com o desenvolvimento de diversas empresas no Brasil. Apaixonado por marketing, SEO e por uma boa leitura, atualmente é Executive Team Lead na StarOfService.

No trabalho, OUVIR pode ser mais importante do que FALAR

21 Dicas para atrair o emprego desejado

Home Office: vilão ou solução?