Fisioterapia #ProfissõesCatho

Autora: Caroline Molina

Com a aparição de novas clínicas, cursos e espaços de reabilitação no Brasil, o profissional de Fisioterapia vem ganhando cada vez mais espaço, pois é esse que irá acompanhar o paciente em praticamente todas as sessões durante o tratamento. Por causa das várias áreas de atuações, o mercado de trabalho para os fisioterapeutas é enorme, o que facilita a busca por emprego.

Em resumo, o Fisioterapeuta é encarregado de diagnosticar, tratar e prevenir doenças e lesões relacionadas a fraturas – ocasionadas por acidentes -, má formação física e problemas de postura. E para isso são utilizadas algumas técnicas, como massagens, exercícios e aparelhos especiais que melhoram a capacidade física e funcional dos pacientes.

Os campos de trabalho de fisioterapia são bem extensos, podendo este profissional atuar em clínicas especializadas, hospitais, centros esportivos, dentro de empresas ou de forma autônoma.

Como visto, o ramo da Fisioterapia é bastante diversificado. Mas se você ainda tem dúvidas, separamos mais informações sobre o curso, mercado de trabalho e faculdade. Vem que vamos te mostrar!

Bacharelado em Fisioterapia

O curso de fisioterapia possui habilitação em bacharelado e tem duração de 5 anos. Tem como obrigatoriedade o estágio supervisionado ao final da graduação e o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

A grade curricular que compõe o curso é voltada para a área da saúde, sendo composta assim por matérias das Ciências Biológicas, e tem como principais conteúdos: Anatomia, Biomecânica do Movimento Humano, Psicologia, Neurofisiologia e Métodos de Avaliação Clínica e Funcional. As áreas de Ciências Humanas também não ficam de fora, haja vista que conhecer o seu paciente a nível social e saber lidar com tal é importante durante o tratamento.Com o amplo leque de possibilidades de carreira no campo de Fisioterapia, muitos estudantes após terminarem o bacharelado já iniciam um curso de especialidade na área. Dentre as várias opções, as mais procuradas estão as ortopédicas, geriátricas, pediatria, pneumologia e esportiva.

Após a conclusão do curso e para exercer a profissão, além do diploma, o profissional precisa estar inscrito no Conselho Regional de Fisioterapia (Crefito).

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho é bastante diversificado na área de Fisioterapia por existirem vários campos de atuações em que o profissional pode escolher seguir carreira.

Uma das mais evidentes e procuradas é no setor esportivo – onde o profissional irá acompanhar o quadro físico do atleta em casos de lesões e possíveis problemas musculares. Outro que também está em alta é do ramo do trabalho, em que as empresas que prezam pela saúde dos seus colaboradores contratam estes profissionais ou empresas especializadas para ajudar em lesões causadas por atividades repetitivas no ambiente de trabalho.

Segundo o Guia e Profissões de Salários da Catho, as profissões mais comuns dentro da área são de Fisioterapeuta Acupunturista, Fisioterapeuta do Trabalho e Fisioterapeuta Hospitalar. Ainda segundo o Guia a média salarial no Brasil é de R$2.285,00. Veja algumas vagas aqui.

Onde estudar

Após todas essas informações, você viu que Fisioterapia é a melhor escolha profissional? Pois bem, no Brasil há diversas faculdades que dispõe de bons cursos na área da Fisioterapia. Na Catho Educação, há diversas bolsas de estudos, além de boas instituições com super descontos. Confira!

Oportunidades na área de Fisioterapia

A Catho conta com diversas oportunidades de vagas de emprego em Fisioterapia, incluindo variadas especialidades. Quer conhecê-las? Acesse aqui!

10 dicas para estudar para o ENEM: ainda dá tempo!

Oração do Gestor

Prefeitura de São Paulo promove caminhada inclusiva pela valorização