Por que líderes precisam saber lidar com adversidades?

 

Lidar com adversidades talvez seja a tarefa mais difícil para quem lidera equipes, e são nos momentos de dificuldade que se torna importante ter o famoso jogo de cintura. Isso porque, além de superar o desafio, um líder precisa dar bons exemplos para os seus liderados.

Com confiança e otimismo, o líder norteia a equipe em busca de um desempenho ainda melhor. Assim, os profissionais também se tornam mais resilientes e passam a ter uma postura positiva. Saiba mais sobre esse assunto a seguir.

Como encarar os erros

Mesmo sendo torturante para o ego de qualquer ser humano, os melhores aprendizados vêm dos erros que se comete. Por isso, realizar uma gafe e se ver em uma adversidade não deve ser visto com maus olhos.

Na verdade, é preciso dar mais valor à capacidade do líder — e dos colaboradores — de ter se arriscado e superado um problema do que ter se acovardado diante das dificuldades.

O momento para se arriscar

Na turbulência política e econômica na qual o país vem patinando, muitas empresas acabam afetadas. Nesse aspecto, não há situação realista para arriscar e reinventar a roda. Aproveitar esses problemas e lidar com essas adversidades que ele instiga não é uma competência — é uma oportunidade. Portanto, atreva-se (e mais uma vez: lembre-se de abraçar os erros, caso eles aconteçam, com o desejo de aprender).

Os segredos de um líder de sucesso

Apesar de parecer um tanto quanto clichê, o líder de sucesso é aquela pessoa capaz de lidar com as adversidades, demandando o mínimo de energia para essa tarefa — que, muitas das vezes, é cotidiana.

Ele também é o profissional que compreende que essas adversidades são inevitáveis e, portanto, não convém olhar para os seus colegas de trabalho e desejar apenas sorte. Na realidade, ele foca no outro somente quando é realmente preciso.

Dicas para lidar com adversidades

Quando o líder está “no olho do furacão”, nem sempre é fácil enxergar as oportunidades e se manter calmo com a possibilidade de tudo ao redor estar se desmoronando.

No entanto, diversos truques simples podem ajudar um gestor a manter o seu lado emocional mais tranquilo — o que é muito importante, pois, com a razão imperando, é possível tomar decisões de forma mais assertiva.

  • Influenciar a sua mente a deter o controle da situação, de modo que fique mais fácil encarar os obstáculos.
  • Entender que você também é responsável — mas não culpado — por aquele momento e, por isso, deve se esforçar para sanar a questão.
  • Perceber até onde repercute o problema em questão.
  • Enxergar qual a dimensão da adversidade, tentando estabelecer um tempo para vencê-la.

 

Também é fundamental escutar todos os envolvidos e esmiuçar todas as facetas da adversidade apresentada. Complementando essa técnica, é preciso ter força de vontade, pois grandes mudanças não acontecem de uma hora para outra.

Quer saber mais sobre liderança e empreendedorismo? Então, assine a newsletter da Catho Empresas e receba informações sobre o mundo do trabalho diretamente na sua caixa de entrada.

 

Como destruir sua carreira mesmo entregando ótimos resultados

10 habilidades imprescindíveis para qualquer profissional

Pessoas com deficiência e a busca por emprego pela internet