5 ideias falsas sobre vocação profissional

A vocação é algo que se busca diariamente respeitando as habilidades que cada pessoa possui. É errado afirmar que a vocação é um chamado, pois, existem situações em que ela é desenvolvida.

Segundo Mônica Hauck, CEO e fundadora da Solides, confundir vocação apenas com sucesso profissional ou com puramente possuir habilidades para determinado trabalho é um equívoco.

“Vocação é onde as necessidades do mundo e suas habilidades se encontram. É fazer bem o que se gosta. Não é só porque se tem vocação que será certamente bem sucedido em alguma coisa. Todo projeto exige dedicação, estudo e aprofundamento, além daquilo que sua habilidade já lhe confere”, explica Mônica.

É possível desenvolver habilidades mesmo quando não existe a vocação?

 

Para Mônica estar apto a uma posição não significa necessariamente ter habilidades para a mesma. “Toda habilidade é até certo ponto desenvolvida, principalmente, por meio da prática”, explica a CEO.

Por exemplo, um vendedor recém-contratado pode não possuir a habilidade natural de uma boa conversação e convencimento no início de seu trabalho, mas, com prática, observação e estudo, pode acabar se tornando o melhor vendedor da empresa.

Abaixo a fundadora da Solides destacou 5 ideias falsas sobre vocação:

 

– Vocação é o talento que já nasce com você;

– Se eu seguir minha vocação eu serei bem sucedido;

– Cada pessoa só possui uma vocação;

– Devo seguir minha vocação, mesmo que eu não goste dela;

– Se eu sou bom em alguma coisa, essa é minha vocação.

 

3 comportamentos que você deve ter no novo emprego

5 fatores eliminatórios num processo seletivo de estágio

A reforma do ensino médio e a escolha precoce da…