Invenções de pessoas negras que ajudam no seu trabalho

Conheça 6 grandes inventores negros que revolucionaram o mercado de trabalho com suas invenções.

Em nosso dia a dia utilizamos muitas ferramentas, objetos, metodologias ou mecanismos que ajudam e facilitam nas tarefas do trabalho. Mas alguma vez você já se perguntou quem foi o criador delas? Bem, é isso que iremos apresentar hoje: inventores negros que, de algum modo, impactaram no mercado de trabalho.

Do apagamento à visibilidade: a realidade dos inventores negros

Você já ouviu falar em apagamento? Ao longo da história, diversos mecanismos de comunicação, educação, controle social e cultural perpetuaram a ideia da incapacidade da população negra diante de trabalhos intelectuais, além de invisibilizar conquistas, personalidades, culturas e tudo o que envolve e envolvia o protagonismo negro.

Diante deste cenário de aniquilamento da intelectualidade da população afrodescendente e do continente africano, as medidas que podem ajudar a reverter o histórico de apagamento podem fazer a diferença.

Pensando nisso, listamos aqui algumas invenções de pessoas negras relacionadas ao trabalho. O objetivo é ajudar a reconstruir memórias e exaltar essas personalidades.

Invenções que ajudam no trabalho até os dias de hoje

Confira 6 invenções feitas exclusivamente por pessoas pretas e pardas que contribuem até o presente para o desenvolvimento de nossos trabalhos.

Separe um tempinho e venha conferir mais um pouco sobre esses grandes inventores negros que entraram para a historia mundial:

  1. Catalisador que reduz emissão de gases poluentes
Viviane dos Santos

Invenção de Viviane dos Santos Barbosa

A baiana Viviane ganhou destaque mundial ao vencer o prêmio máximo, entre cerca de outros 800 trabalhos, na International Aeorol Conference, na Finlândia, em 2010.

A cientista da área de Nanotecnologia desenvolveu catalisadores (substâncias que aceleram e melhoram o rendimento das reações) a partir da mistura dos metais paladium e platina.

As aplicações dos seus estudos são múltiplos e ajudam na execução de diversos trabalhos: na saúde, auxilia na criação de novas drogas, vacinas e na melhoria de produtos; na computação, permite que mais informações sejam condensadas em menores espaços, entre outros.

  1. Porta automática no elevador 
Alexander Miles

Inventado por Alexander Miles em 1887

Miles, inventor afro-americano, teve a brilhante ideia de criar uma porta automática para o elevador, que na época apenas tinha uma corrente e nada de segurança.

Naquele tempo, os elevadores contavam com um eixo que tinha de ser aberto e fechado manualmente. Por causa disso, às vezes as pessoas se esqueciam de fechar e isso causava graves acidentes, como quedas no poço do elevador.

Um dia, Miles estava com sua filha em um desses elevadores, teve um incidente, ficou preocupado com a situação e passou a se dedicar a este tipo de mecanismo.  

Até hoje, a influência de sua patente de elevador é presente em designs modernos e graças a essa invenção temos elevadores seguros nos prédios que frequentamos e trabalhamos.  E em 2007, Miles foi incluído no Hall da Fama dos Inventores Nacionais dos EUA.

  1. Roda de bonde elétrico  
Bonde elétrico antigo

Inventado por Elbert R. Robinson em 1893  

Os transportes ferroviários ganharam um grande aliado com o trabalho de Elbert R. Robinson. Pouco conhecido, esse inventor americano nem se quer tem uma gravura com seu nome. Mas ele ajudou e muito na evolução dos transportes sobre trilhos ao criar uma nova roda, que faz menos atritos, é mais segura e durável.

Por sua grande eficiência, essa invenção ainda é usada nos dias de hoje em locomoções do gênero espalhadas pelo mundo todo.

Se considerarmos que esse meio de transporte é responsável por grande parte das movimentações de pessoas e bens, essa invenção é fundamental para o funcionamento do mercado.

  1. Aplicações de computação de alto desempenho
Philip Emeagwali

Inventado por Philip Emeagwali em 1998

A tecnologia facilitou tanto a vida de todo mundo que até quem não nasceu na era digital não consegue mais imaginar fazer algumas tarefas sem recorrer aos eletrônicos.

Mas Philip Emeagwali foi além disso e inventou o computador mais rápido do mundo e desenvolveu sistemas computacionais capazes de prever o clima, a probabilidade e os efeitos do aquecimento global no futuro, além de tornar os campos de petróleo mais produtivos. 

O nigeriano matemático e cientista da computação estudou e aplicou avanços computacionais exaltados por toda a classe e com este trabalho de cálculos simultâneos em microprocessadores lhe rendeu um Prêmio Gordon Bell, considerado o Nobel da computação. 

  1. Identificador de chamadas e chamada em espera
Shirley Jackson

Inventado por Shirley Ann Jackson 

Dando voz às  invenções femininas e afro, vamos contar mais sobre Shirley, primeira mulher negra a fazer doutorado em física pelo MIT – e a segunda nos EUA.

A americana colaborou com importantes avanços na área de telecomunicações. Se hoje você tem a possibilidade de receber uma ligação em sua mesa e saber quem é antes de atender ou pedir para que a pessoa fique na linha enquanto resolve algo, é graças a ela. 

A Ph.D em física nuclear também trouxe outras inovações, como os aparelhos de fax portáteis, telefones com toques sonoros e cabos de fibra óptica.

Em 2016, ela foi honrada pelo até então Presidente dos EUA, Barack Obama, com a Medalha Nacional de Ciências, um dos prêmios de mais prestígio do país.

  1. Monitor de PC colorido e conexão com periféricos como impressora
Mark Dean

Inventado por Mark Dean em 1981

O cientista de computação e engenheiro foi um dos principais nomes da ‘virada-de-chave’ para a era dos computadores pessoais – que passaram a ser mais acessíveis e poderosos.

Mark criou a conexão entre computadores e periféricos, dando o nome ao projeto de Industry Standard Architecture. Além disso, foi responsável por desenvolver uma série de tecnologias, incluindo o monitor de PC colorido e o primeiro chip gigahertz.

Agora que você conhece alguns dos grandes inventores negros que ajudaram no desenvolvimento de nossos trabalhos, compartilhe com amigos e comente nas redes sociais outros(as) inventores. 

E em comemoração ao dia da Consciência Negra, os nossos agradecimentos e homenagem a todos os grandes nomes que dedicaram sua carreira a luta contra o racismo e a favor da inclusão racial. 

Como surgiu a profissão de relações públicas?

Libras: conheça as profissões

Qual a diferença entre Auxiliar e Assistente Financeiro?