“Comente um erro que você cometeu na carreira”

Você está na entrevista de emprego, respondendo tranquilamente às dúvidas do recrutador, quando é surpreendido por uma questão inusitada: “Comente um erro que você cometeu na carreira”. Nesta hora a sua cabeça flutua sobre todas as falhas que cometeu, procurando a menos pior. Ao mesmo tempo algo dentro de você te diz que é errado mostrar os seus erros, ainda mais em uma entrevista de emprego! A sua garganta quase fecha, você gagueja e sai com uma sensação péssima da entrevista.

Se você for para uma entrevista de emprego sem se preparar para esta questão é bem provável que experimente essa situação. Afinal, estamos condicionados a irmos para uma entrevista para fazer justamente o contrário, ou seja, defender a todo custo nosso potencial e as qualidades profissionais.

Porém, você precisa lembrar que erros e fracassos fazem parte de qualquer jornada profissional. Nenhum ser humano é imune a erros, independente do quanto se prepare para as situações. É através de cada nova experiência que forjamos nossos aprendizados e, neste caminho, é natural percebermos ações que poderiam ser conduzidas de formas diferentes.

É exatamente isto que o que recrutador quer entender. Primeiro ele deseja saber se você é humilde e capaz de reconhecer os seus erros validando se consegue apresentar um erro claro em sua vida profissional. Em seguida, ele deseja avaliar como você tira aprendizados destas situações negativas tornando-se um profissional melhor do que era. E, finalmente, deseja saber se, hoje, já se desenvolveu o suficiente para evitar o mesmo erro.

Reflita sobre os seus erros antes da entrevista

Para responder a esta questão é importante entender que cometer erros não é um problema. O problema pode estar, justamente, em tentar esconder as suas falhas. Portanto, pense com calma e faça uma lista dos erros que cometeu na sua carreira. Se você tiver cometido uma infinidade de erros, escolha aquele não tenha relação direta com as suas principais atividades no novo emprego.

Por exemplo, se você estiver se candidatando para uma vaga de Contador, evite apresentar um erro de cálculo de imposto que afetou negativamente o cliente ou um no fechamento contábil da empresa por falta de atenção. Dê preferência por apresentar uma falha de comunicação que não tenha prejudicado o cliente ou a perda de um prazo na entrega de um relatório solicitado pela sua liderança por falta de experiência.

Relembre em detalhes a situação

Neste momento de reflexão e preparação para a entrevista, você precisa lembrar da situação que errou em detalhes. Lembre qual foi o seu principal erro. Verifique quais obstáculos existiram naquela situação para não ter obtido sucesso.

Identifique claramente a causa raiz do problema, pois sem esta informação o seu aprendizado se torna superficial e você não conseguirá dar a segurança ao recrutador sobre a sua capacidade de evitar o mesmo erro no futuro.

Evite apresentar culpados ou desculpas

Livre-se de todas as desculpas. Evite apontar pessoas, processos ou variáveis externas como culpados para o erro que aconteceu. Pessoas que tem dificuldade de reconhecer os seus erros são especialistas em terceirizar as suas incapacidades e limitações. Não há nada mais desagradável do que entrevistar um candidato que se passa por vítima.

Sendo assim, assuma a responsabilidade pelas suas ações e mostre como VOCÊ foi responsável pelo erro ocorrido. Deixe claro que tem consciência que errou naquela situação e que hoje sente pelo que aconteceu.

Deixe claro seu aprendizado

Não basta só assumir o erro: é preciso ter tirado um aprendizado da situação. Errar todo mundo erra, mas aprender com os erros não é para todos e é justamente isso que o recrutador que ouvir. Mostre como aquela situação desconfortável te tornou um profissional melhor, principalmente capaz de evitar o mesmo erro no futuro.

Aconselho que avalie com cuidado a situação, pois é comum em um único erro obtermos vários aprendizados. Se este for o caso, você pode apresentar e explorar todos estes aprendizados.

Lembre-se que errar faz parte do seu processo de construção profissional e que apresentar falhas e aprendizados é o melhor que pode fazer se for questionado sobre os seus erros na entrevista.

_

Sobre o autor
Allan Lopes é  Coaching Sistêmico, membro da Internacional Coach Federation, Master Practitioner em PNL e especialista em gestão de performance e em processos de mentoring e coaching aplicados ao ambiente corporativo. Sócio da Soar Desenvolvimento Humano e responsável pela área de Consultoria em Recursos Humanos.

O que faz uma copeira de cozinha?

Como se tornar um assistente social

Como se tornar um analista financeiro