Como apresentar os pontos fracos em uma entrevista de emprego?

Esqueça os clichês! Evite ao máximo responder sobre aqueles pontos fracos que se fantasiam de pontos fortes, como por exemplo, sou perfeccionista, dedicado(a) ao extremo ou muito criterioso(a). Estes pontos fracos podem soar como “respostas prontas” e que não refletem 100% a sua realidade profissional.

Sendo assim, mergulhe nos seus pontos fracos sem medo. Apresente o que, realmente, te afeta profissionalmente, mas não pare por aí! O que fará toda a diferença é mostrar como, atualmente, você tem trabalhado para desenvolver este ponto fraco.

Por exemplo, você pode dizer que um de seus pontos fracos é a timidez, uma vez que já percebeu que isto te afetou e afeta no relacionamento com colegas de trabalho, líderes e clientes. Em seguida, diga o que está fazendo hoje para superar este tema, como participando de aulas de teatro, realizando um treinamento comportamental de comunicação ou um processo de coaching profissional.

Lembre-se que ao responder qualquer pergunta na entrevista de emprego, o mais importante é a honestidade. Qualquer recrutador com o mínimo de experiência possui um faro muito aguçado para identificar omissões ou mentiras. Tome cuidado! Um resposta manipulada pode tornar o seu processo de recolocação profissional ainda mais difícil!

 

_

Sobre o autor
Allan Lopes é  Coaching Sistêmico, membro da Internacional Coach Federation, Master Practitioner em PNL e especialista em gestão de performance e em processos de mentoring e coaching aplicados ao ambiente corporativo. Sócio da Soar Desenvolvimento Humano e responsável pela área de Consultoria em Recursos Humanos.

15 respostas que os recrutadores não gostam de ouvir na…

Marketing e vendas: cargos em alta em 2020

Profissional do futuro: é hora de se preparar para a…