Como desenvolver minha marca pessoal?

Criar e desenvolver uma marca pessoal pode parecer algo difícil. Algumas pessoas acreditam que para fazer isso precisam mudar a sua personalidade, mas não é assim. Você precisa apenas alinhar alguns fatores para que seja reconhecida(o) como alguém especial. Abaixo listo cinco passos para o desenvolvimento da sua marca pessoal:

 

1- Cuide da sua imagem pessoal

Independentemente se você gosta ou não, a sua imagem diz muito sobre você. Portanto, precisa fazer uma análise completa da sua aparência pessoal e comunicação e dos seus comportamentos. Cuide primeiramente dos aspectos mais chamativos e, em seguida, vá adequando até chegar aos detalhes.

Veja qual roupa reflete melhor quem você é hoje e quem quer ser no futuro. Altere o que for necessário (mesmo que para isso precise fazer um investimento). Mantenha cabelo, barba e unhas bem cuidados. Tome cuidado com acessórios e perfume. Em seguida, policie-se diariamente para evitar problemas em sua comunicação e suas atitudes.

 

2- Melhore a aparência dos seus materiais

Muitas vezes clientes, fornecedores ou parceiros podem entrar em contato primeiro com algum material nosso do que nós mesmos. Pode ser que website, cartão de visita, e-mail ou algum trabalho que executou seja o primeiro contato do cliente com você. Neste momento, uma forte primeira impressão é gerada.

Sendo assim, garanta que os seus materiais de divulgação e os trabalhos que executa tenham uma imagem consistente, profissional e agradável para que consiga causar a impressão certa sem mesmo estar presente no ambiente.

 

3- Tenha uma trajetória de carreira coerente

O caminho profissional que percorreu deixa uma trilha de pistas sobre quem você é atualmente. Estas são identificadas e analisadas pelas outras pessoas para determinar a sua credibilidade. Isso pode ser um problema para você, principalmente se nunca se preocupou em construir uma carreira coerente.

Pular de cargo em cargo, empresa em empresa, na busca apenas de melhores salários deixará pistas na sua trajetória. Atuar apenas em empresas de pequeno porte ou se manter por anos no mesmo cargo deixarão outras pistas. Agora pense se estão alinhadas à imagem profissional que deseja passar.

 

4- Desenvolva uma rede de contatos

Diga-me com quem andas que te direi quem és. Esta frase parece batida, mas reflete uma análise inconsciente de todas as pessoas sobre a sua imagem pessoal. Se você se relacionar com profissionais desonestos, desleixados ou que vivem reclamando, será percebido também desta forma.

Além disso, construir relacionamento com pessoas influentes, importantes e éticas pode potencializar muito as suas chances de uma recolocação profissional e mudança para uma melhor oportunidade profissional.

 

5- Mantenha um alto desempenho no ambiente de trabalho

As pessoas se lembrarão de você pelas coisas que fez. Ser um top performer é uma das formas mais fortes de criar uma imagem pessoal forte e de relevância no ambiente de trabalho, principalmente se for consistente ao longo do tempo. Ter uma ascensão meteórica e não se sustentar é um caminho para o esquecimento.

Às vezes é melhor manter um desempenho constante ao longo dos anos do que ter oscilações, mas se você for comprometido e do tipo que adora desafios, siga em frente! Seja um profissional “fora da curva” e estabeleça a sua imagem pessoal!

 

_

Sobre o autor
Allan Lopes é  Coaching Sistêmico, membro da Internacional Coach Federation, Master Practitioner em PNL e especialista em gestão de performance e em processos de mentoring e coaching aplicados ao ambiente corporativo. Sócio da Soar Desenvolvimento Humano e responsável pela área de Consultoria em Recursos Humanos.

Aprenda a como evitar o burnout em um novo emprego

Mudanças na busca por emprego que você precisa se preparar

3 comportamentos que você deve ter na primeira semana em…