Como lidar com os medos que te impedem de empreender

Empreender é uma opção saudável para grande parte dos profissionais e poderia ser uma alternativa para momentos de crise, onde as vagas de emprego são escassas. Infelizmente, a grande maioria nunca experimentará esta possibilidade profissional por diversos medos que sentem e não lhes permite seguir em frente.

O que os profissionais não sabem é que estes medos representam apenas aprendizados obtidos ao longo das suas vidas, absorvidos por anos em conversas com pais, amigos, professores, colegas de trabalho, etc. Assim, frases ficam registradas em suas mentes, gerando medo, como:

  • Eu não tenho habilidade para empreender;
  • Se eu empreender posso perder todo o meu dinheiro;
  • É melhor ter um emprego seguro e repleto de benefícios do que ter um negócio próprio cheio de riscos;
  • Não vale a pena empreender devido a quantidade de impostos que se paga no Brasil;
  • Não tenho uma ideia de negócio para empreender;
  • Não sei vender e tenho medo de me autopromover;
  • Eu tenho conhecimento, mas não sou tão bom assim para construir um negócio;
  • Tenho medo de fracassar ou de ter muito sucesso;
  • Eu nasci para ser empregado e não para ser dono de empresa;
  • Baseado no meu passado, é impossível eu ter um negócio de sucesso.

Já atendi diversas pessoas com um desejo de empreender e construir a sua marca, mas que precisaram da ajuda porque haviam medos, como os descrito acima, que as controlava. Caso você tenha interesse em empreender, mas esses medos te atrapalham, vou dar algumas dicas:

 

1- A grande maioria dos seus medos não são reais

Todo medo é uma fantasia criada pela nossa mente para evitar que sigamos em frente e coloquemos em prática uma mudança em nossa vida. Todo cérebro funciona para nos manter em nossa zona de conforto e longe de mudanças grandes, principalmente porque a parte responsável pela criação do medo não possui a capacidade de analisar cenários futuros. Sendo assim, essa parte inconsciente do seu cérebro não consegue prever se a mudança será positiva ou negativa e, para evitar qualquer risco, cria o medo para que não prossiga.

Avalie se o seu medo é real. O medo de se pendurar em uma janela é real e envolve diretamente risco à sua vida, portanto este medo faz sentido e deve ser respeitado. Agora, o medo de empreender é real? Mesmo que já tenha tentado uma vez e não tenha tido sucesso, isso significa que não conseguirá no futuro? Qual a prova você tem de que não conseguirá ter sucesso empreendendo?

 

2- Entenda a origem destes medos

Como disse anteriormente, os medos são produtos de experiências vividas no passado. Um trauma pode gerar uma série de medos para que você nunca mais passe por uma situação parecida. Outros medos podem ser criados, simplesmente, pelas pessoas que nos rodeiam. Por exemplo: se você ouvir desde criança, dos seus pais, que empreender é muito arriscado e o correto é procurar um emprego público por ser mais seguro, poderá absorver esta ideia e produzir medos no futuro.

Para entender os seus medos, escreva quais possui e em quais situações ou com quais pessoas você aprendeu. Foi alguma experiência no passado que te fez pensar assim? Foi algo que ouviu repetidas vezes? Ou foi algo que observou acontecendo com pessoas próximas? Agora, só por que aprendeu estes medos você precisa viver eternamente desta forma? Será que não consegue fazer diferente?

 

3- Aja apesar do medo

O medo sempre estará presente em você. Ele possui a função importantíssima de te manter vivo. Sendo assim, mesmo trabalhando determinados medos, entendendo as suas origens e que são apenas formas imaturas da sua mente lidar com o desconhecido, outros medos poderão aparecer. Você nunca será capaz de eliminar todos e essa tentativa é o maior erro que alguém pode cometer.

Portanto, aprenda a entrar em ação, independente do medo que sente. Empreenda em um cenário menor, com menos risco, investindo menos dinheiro, mas empreenda. Essa experiência é a forma mais eficaz de diminuir a sensação de medo e elevar a sua autoconfiança.

 

Obviamente, busque aprender a empreender! Empreender exige diversos conhecimentos e habilidades, principalmente sobre vendas e administração. Sem esses comportamentos estabelecidos, você trabalhará às cegas, tentando encontrar uma agulha no palheiro utilizando uma venda.

 

_

Sobre o autor
Allan Lopes é  Coaching Sistêmico, membro da Internacional Coach Federation, Master Practitioner em PNL e especialista em gestão de performance e em processos de mentoring e coaching aplicados ao ambiente corporativo. Sócio da Soar Desenvolvimento Humano e responsável pela área de Consultoria em Recursos Humanos.

No trabalho, OUVIR pode ser mais importante do que FALAR

Empreender possui diversos formatos. Encontre o seu!

4 competências de atleta que os recrutadores buscam em candidatos