Como pedir um aumento ou promoção

Colunista: Reginah AraújoExistem pessoas que se acomodam muitas vezes em empresas que não são mais felizes porque não conseguem se posicionar na vida profissional.

Pensando nisso elaborei algumas dicas para ajudar você a se posicione no mercado de trabalho e saber se vender de forma coerente, fazendo também uma boa reflexão sobre o seu momento atual.

1) Escolha o momento certo. Não peça no meio do corredor, num momento em que a empresa esteja em crise financeira ou no meio de uma negociação estressante.

2) Espere o momento em que tenha feito um trabalho de destaque onde tenha sido elogiado e também tenha gerado lucro para a empresa.

3) Pergunte-se: tenho atendido às expetativas de meu empregador e de meus liderados?

4) Minha remuneração está compatível com o mercado? Aqui vale pesquisar e saber quanto estão pagando em outras empresas a mesma função que a sua.

5) Você realmente está feliz nesta empresa? O aumento pode gerar uma zona de conforto que te impeça de questionar e buscar outras oportunidades?

6) É importante ser claro e incisivo. Leve no papel ou em slides. Mostre suas conquistas na empresa, os resultados em números, sua criatividade, sua liderança, o quanto vem fazendo mais que o combinado, como consegue cooperação com facilidade das pessoas, sua personalidade agradável com os clientes internos e externos, como cria o master mind com sua equipe fazendo-os conseguir um objetivo em comum, a facilidade com que sua equipe cumpre as metas e ainda unida, mostre sua avaliação perante à seus chefes e seus liderados.

Agora, se você não tiver nada para mostrar, talvez não seja o momento adequado para pedir aumento ou promoção. Volte e refaça sua trajetória na empresa e só depois peça aumento. Do contrário está colocando uma arma sobre sua cabeça, ou seja, o chefe ainda vai pensar que você faz pouco e exige muito.

Planeje-se (de verdade!) para alcançar o sucesso em 2020

4 dicas para se dar bem em processos seletivos em…

Como montar um bom currículo?