Gente boa

Colunista: Reginah AraújoVocê é gente boa? Tem uma personalidade agradável? Possui carisma pessoal? Sabe marcar sua presença e deixar saudades por onde passa? Consegue ser convidado para festas, eventos e reuniões comunitárias?

Ser gente boa não é uma tarefa difícil, apesar de parecer. Hoje em dia, com tanta pressão cotidiana e tantos problemas, é fácil sair do sério, assim como muitas pessoas são fechadas e mal-humoradas por natureza.

O que temos que ter em mente é que ninguém no mundo é obrigado a conviver com pessoas arrogantes e estressadas. O mínimo que as pessoas esperam das outras é ouvir um “bom dia”, “boa tarde” ou “boa noite”, já que isso não é sacrifício nenhum. Gentileza gera gentiliza, nós atraímos aquilo que oferecemos, por isso, devemos ser alegres, interessantes e saber ouvir. Há um ditado que diz “Deus deu ao homem dois ouvidos, dois olhos e uma boca para vermos e ouvirmos duas vezes mais do que falamos”.

Ser agradável não é sorrir falsamente e fingir interesse, e sim se preocupar com as pessoas de forma verdadeira, sempre procurando ouvir as suas necessidades.

Afinal, o que é preciso para ser considerado “gente boa”?

SEMPRE

1 – Seja amigável

Procure sempre fazer novas amizades, não se isole em eventos, reuniões ou festas. Tente sempre interagir com as pessoas, seja uma pessoa querida e atenciosa.

2 – Vista-se bem

Não use roupas que não se encaixem com o local em que você está, também tente sempre se vestir de forma neutra, para que seu caráter, suas expressões e modo de agir sejam notados antes que suas roupas.

3 – Saiba dar e receber feedback

Seja críticas ou sugestões, ouça os comentários sem ser rude, procurando sempre levar em conta a opinião da pessoa se ela for construtiva. Dê feedback de forma amigável focando nos pontos de melhoria não nas criticas.

4 – Demonstre interesse verdadeiro

Alguém está contando seus problemas? Escute com atenção e não inicie uma discussão sobre “eu tenho mais problemas que você, porque aconteceu isso, isso e isso”. Deixe a pessoa falar e tente ajudá-la a solucionar os desafios. Caso a situação seja outra, onde a pessoa está contando sobre sua vida ou conquistas, parabenize-a verdadeiramente pelo sucesso. Esteja sempre presente na conversa e evite fazer outras coisas enquanto isso. Não mexa em celulares, Tablets, e não fique olhando para outros lugares, de forma inquieta, como se quisesse que o assunto acabasse. Olhe sempre para a pessoa, tornando-a o centro da sua atenção, jamais cruze os braços ou fique com a mão no bolso.

NUNCA

1 – Seja uma pessoa fechada

Muitas pessoas tem um tom de mistério, o que desperta interesse nas pessoas. Porém, não falar nada de si pode destruir toda a sua imagem. Caso peçam, procure contar histórias que lhe aconteceram, fale de seus gostos ou tenha assuntos sobre coisas em comum com as pessoas, lembrando-se de sempre ouvir o que os outros têm a dizer.

2 – Minta

Caso esteja em uma roda de conhecidos e decida contar suas histórias do passado, não invente, aumente ou altere os acontecimentos para que estes se tornem interessantes.

3 – Deixe que seu mau humor afete sua vida e outras pessoas

Está tento um dia difícil? Respire fundo e tente se acalmar. Não seja grosso, rude e arrogante ao conversar com alguém, mesmo que esteja no limite das suas frustrações. Não desconte seus problemas nos outros.

4 – Deixe de aproveitar o dia

Não se acomode! Procure fazer tudo em seus horários e seja organizado. Mantenha um sorriso no rosto em qualquer hora do dia e diga para si mesmo que você consegue superar qualquer problema. Também não deixe nada para depois o que você pode fazer agora.

Comece a ser Gente Boa e veja como sua vida trilhará um novo caminho onde as coisas dão certo. Ser agradável pode ser o passaporte para o sucesso!

Planeje-se (de verdade!) para alcançar o sucesso em 2020

4 dicas para se dar bem em processos seletivos em…

Como montar um bom currículo?