Valorização de colaboradores faz empresa crescer 50%

Uma pesquisa de clima organizacional, realizada anualmente pela P3Image, empresa de BPO (Business Process Outsourcing) para gestão de documentos, apontou que 92% dos colaboradores concordam que a empresa está mudando para melhor.

Paralelo a isto, a empresa registra anualmente crescimento médio acima de 50% nos últimos anos. As ações de motivação e reconhecimento realizadas pela corporação resultaram em colaboradores mais participativos na sugestão de ideias, felizes e com bom desempenho em suas funções. Para Paulo Carneiro, presidente e fundador da empresa, criar uma organização com colaboradores felizes e motivados, é mais que um sonho.
“Quando se faz o que gosta, reconhece o valor de cada um que originou o resultado alcançado e foca aonde se quer chegar, o sucesso acaba virando uma consequência de todo o trabalho realizado”. A corporação realiza ações de motivação e reconhecimento que foge das tradicionais, como massagens para os colaboradores realizadas por fisioterapeutas, Sala de Descompressão com Internet, TV a cabo e pufs, biblioteca e comemorações em datas temáticas que dão direito até a carrinho de hot dog e pipoca na empresa.
Abaixo algumas ações que contribuem para os índices positivos:
Escutar é dar voz ativa para o colaborador

No escritório da empresa, que ocupa um amplo espaço no bairro da Lapa (SP), os colaboradores contam com caixas de sugestões em que ideias de melhorias para suas rotinas de trabalho são bem vindas. A ação já resultou na implantação de ginástica laboral, quick massagem, que trouxe mais qualidade de vida e integração entre os profissionais e até vale alimentação, que acaba de ser implantado na organização.
Cuidar para preservar o colaborador

Para tornar o ambiente de trabalho, mais agradável, a P3 também promove dinâmicas mensais por departamento e cafés da manhã que auxiliam na integração e geram um clima familiar. Há também a Semana Saúde em que, durante os cinco dias, especialistas da área ministram na própria empresa palestras relacionados à saúde e qualidade de vida.
“Acredito que um colaborador satisfeito e que sabe da sua importância para a empresa é um capital humano que gera não somente lucro, mas resulta em um profissional realizado que cresce junto com a companhia”, revela Carneiro.
Aperfeiçoamento e reconhecimento

E no papel de líder exercido por Carneiro ele também busca inspirar novos líderes para que atuem junto na expansão da P3. Para isso, há um projeto de formação e fortalecimento de líderes que busca avaliar e aprimorar as características do profissional que está à frente da equipe, além da ferramenta de comportamento profissional que desenha o perfil do líder para um determinado cargo e o auxilia para o alcance deste perfil.
Na prática

Mas, nada disso iria adiantar se não comprovasse na prática as ações da P3 para seus colaboradores. Aos 17 anos Keith Santos começou a trabalhar na empresa na área de produção, atuou 5 anos como coordenadora de logística e, hoje, aos 25 anos é coordenadora do turno da noite de produção. Para ela sua ascensão profissional é resultado do bom desempenho que teve quando começou na empresa, mas as motivações que a empresa lhe deu foram essenciais para querer ser uma colaboradora melhor. “Quando uma empresa cresce o colaborador também cresce. Comigo foi assim, as várias ações de motivação me incentivavam, eu ia melhorando, aprendendo novas ferramentas e cada vez mais me tornando essencial no departamento. Eu cresci e sem dúvida nenhuma quis agregar todo o meu aprendizado colaborando para o crescimento da P3”, relata Keith.
Por: Ato.Z Comunicação Inteligente

Para o jogo que virá

O que a neurociência tem a ver com a sua…

Turnover – Como evitar saídas que prejudiquem sua organização