Mania global: objetos mais comuns na mesa de trabalho

Objetos de MesaPesquisa da Regus, empresa líder mundial em soluções de espaços para escritórios, identificou os objetos que compõem o ambiente de trabalho dos profissionais ao redor do mundo. Cerca de 20 mil empresários e gerentes seniores em mais de 80 países revelaram seus objetos preferidos – entre eles estão iPads, flores, mapas, luz ambiente e caixas de som.

No cenário global, a pesquisa mostrou que objetos religiosos e amuletos da sorte são utilizados para afastar a inveja e as vibrações negativas no trabalho, enquanto diplomas, certificados e troféus ficam à mostra como recordação de conquistas do passado. Em diversos países também existe espaço nas mesas de trabalho para brinquedos, como bonecas e miniaturas de carros que dão um ar alegre e divertido ao escritório.
“Profissionais em todo o mundo mantêm uma série de objetos em seus ambientes de trabalho para que se sintam mais a vontade e próximos de seus familiares”, comenta Guilherme Ribeiro, diretor geral da Regus no Brasil. “A pesquisa confirma a importância do espaço de trabalho como um lugar no qual as pessoas possam se sentir confortável e expressar suas personalidades”, conclui.
Ainda segundo Ribeiro, a presença de uma ou duas fotos da família na mesa de trabalho pode ajudar a lembrar daqueles que são importantes em nossa vida, apesar da correria do dia a dia. Para quem tem filhos pequenos é muito comum manter uma foto deles na mesa de trabalho. “Pequenos objetos pessoais na mesa de trabalho que levantem o nosso astral podem aliviar o estresse, e por isso nos ajudam a manter a produtividade, pois propiciam alguns momentos de descontração, o que contribui para que os profissionais se sintam mais a vontade em seus locais de trabalho”, explica Ribeiro.

Preferência Nacional

No Brasil, os itens comuns mais citados foram: fotos da família, com a preferência de quase um terço dos entrevistados (28%), e objetos de decoração, como obras de arte (7%), além dos tradicionais cartões de visita (14%).
“Assim como no Brasil quanto no restante do mundo a ordem dos primeiros objetos é igual. Entretanto, os brasileiros tendem a ser mais afetivos e, portanto o percentual de pessoas que mantém fotos da família na mesa de trabalho é maior aqui. Estas respostas têm muito haver com a tendência atual de buscar o equilibro de vida. Locais de trabalho agradáveis e cuidados com as necessidades pessoais e não apenas os aspectos profissionais devem ser bem dosados. Entender e compreender as necessidades de cada funcionário possibilita um ambiente profissional mais colaborativo”, explica Guilherme.
Empresas que estão preocupadas com seus funcionários estão adotando práticas flexíveis de trabalho que incluem mudança de horários para encaixar algum compromisso pessoal; a possibilidade de trabalhar de casa em algum dia da semana e, também, não estão interferindo no hábito dos funcionários quanto a objetos pessoais no espaço de trabalho do profissional.
Além de itens convencionais os brasileiros ainda decoram seu espaço com amuletos da sorte, dicionários e enciclopédias, desenhos de crianças e objetos de arte e decoração, vale qualquer adorno para deixar o cantinho de trabalho mais agradável e alegre.

#MáscaraSalva | Máscara Inclusiva para deficientes auditivos

Impactos da pandemia na geração de empregos

5 áreas em alta que estão contratando mesmo na crise