Remuneração total

Colunista: Sebastião Augusto PerossiRemuneração total é um conceito de prática salarial que, em geral, não é percebido e/ou valorizado e/ou reconhecido pelos trabalhadores. No Brasil, dependendo da função, ainda é muito forte a visão do salário mensal (salário base) e, em muitas oportunidades, a pessoa troca de emprego sem considerar outras vantagens presentes na composição salarial.
Esta decisão do trabalhador, sem olhar para todos os componentes da remuneração, pode representar até perda quando da sua movimentação para outra empresa.
A remuneração total tem como componente os valores que são pagos em “dinheiro” levando-se em consideração o Salário Base (Salário Nominal) + o Salário Variável a Curto Prazo (ex.: comissão, prêmios, PLR, bônus, gratificações) + o Salário Variável a Longo Prazo (ex.: stock options, bônus diferido) + os Adicionais Legais (ex.: periculosidade, insalubridade, adicional de turno, anuênio) + os Benefícios oferecidos (ex.: plano médico e odontológico, seguro de vida, vale refeição, carro, previdência privada).
Como os benefícios, na sua maioria, não são pagos em “dinheiro”, para identificar a remuneração total é necessário transformar os benefícios oferecidos em valores. Para apurar o valor dos benefícios existem algumas metodologias, onde destaco: custo real per capita do benefício para a empresa, custo real por funcionário do benefício para a empresa e custo real do benefício junto ao mercado.
Olhando para o ambiente empresarial encontramos empresas que estão se preocupando em prover informações aos funcionários em relação ao valor dos benefícios oferecidos. Nestas empresas é elaborado um demonstrativo de pagamento onde se identifica o benefício e o seu valor.
Ressalto que esta prática pode contribuir para que o trabalhador tenha uma visão mais estruturada da sua remuneração e, com isto, entender melhor o seu pacote de remuneração, bem como ajudar na sua movimentação ou não dentro do mercado.

Plano de Cargos e Salários e o Gênero

O dia da remuneração

A síndrome do teto salarial