PROUNI

O que é

Criado em 2004 pela Lei nº 11.096/2005, o Programa Universidade para Todos (Prouni) concede bolsas de estudos integrais e parciais a estudantes de cursos de graduação e de cursos sequenciais de formação específica.

Como funciona

Estudantes do ensino médio, tanto das escolas da rede pública quanto da rede particular, e com renda máxima de três salários mínimos, podem contar com os benefícios do Programa.

Os candidatos são selecionados por meio das notas obtidas no ENEM, e desde a sua criação já atendeu mais de 1,9 milhão de estudantes - 70% com bolsas integrais.

O ProUni possui, ainda, ações em conjunto para incentivo à permanência dos estudantes nas instituições, como a Bolsa Permanência e do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que permite ao bolsista financiar até 100% da mensalidade não coberta pela bolsa do programa.

O Prouni oferece bolsas integrais e bolsas parciais:

Bolsa integral: para estudantes que possuam renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio.


Bolsa parcial de 50%: para estudantes que possuam renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até três salários mínimos.

Quem pode participar

As inscrições são abertas duas vezes ao ano (um no primeiro semestre e outro no segundo semestre) e para poder se candidatar o aluno precisa ter feito a edição mais recente do Enem, não ter diploma de curso superior e ter renda familiar de até três salários mínimos.

O estudante precisa, ainda, ter nota mínima de 450 pontos nas provas objetivas e não zerar a redação. É preciso, também, se encaixar nos perfis:

  • • ter cursado todos os anos do ensino médio em escolas públicas
  • • ter cursado todos os anos do ensino médio em escolas particulares com bolsa integral
  • • ter cursado parte do ensino médio em escolas públicas e parte do ensino médio em escolas particulares como bolsista integral
  • • ser portador de necessidades especiais
  • • ser professor de escola pública (contratado) - o professor pode concorrer a bolsas nos cursos de licenciatura, superior ou pedagogia.*

*No caso do professores, o critério de renda não é considerado, ou seja, eles podem ganhar mais de três salários mínimos.

O aluno pode entrar no sistema enquanto as inscrições estiverem abertas e modificar as opções de cursos, caso queira. Ao ser selecionado, ele tem alguns dias para realizar a matrícula na faculdade, e quando as vagas não são totalmente preenchidas depois das duas chamadas, é aberto o processo de Bolsas Remanescentes.

Processo de seleção

O Prouni possui duas fases - processo regular e processo de bolsas remanescentes. No processo regular podem se inscrever pessoas que tenham feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano ou ano anterior e que tenha obtido, no mínimo, 450 pontos na média das notas das provas e que não tenha zerado a redação.

Já para as bolsas remanescentes podem se candidatar professores da rede pública de ensino que estejam exercendo a profissão e que façam parte do quadro permanente da instituição pública. Neste caso, o professor deve ter participado do Enem, a partir de 2010, e obtido uma média de pontos igual ou superior que 450 e não ter zerado a redação.


Nos dois processos as inscrições são gratuitas e efetuadas somente pela internet, no site do ProUni.

Prouni e Fies

Caso o estudante que tenha sido contemplado com a bolsa do Prouni de 50% não consiga pagar a outra metade, ele pode optar pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) sem precisar apresentar um fiador na hora de contratar o sistema.

Para isso, é preciso que a instituição e o curso que o estudante conseguiu a bolsa parcial do Prouni tenham oferta de vagas para o Fies - e o estudante também precisa ser aprovado no processo seletivo do Fies.

Prouni e Sisu

Enquanto o Prouni concede bolsas de estudos integrais e parciais de 50% em instituições privadas de educação superior, o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é o sistema informatizado no qual as instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para estudantes que participaram do Enem.

O estudante que se candidatar ao Sisu pode se inscrever no Prouni, desde que tenha os pré-requisitos do programa. Porém, fica proibido do estudante utilizar a bolsa do Prouni e estar matriculado em uma instituição de ensino superior pública e gratuita. Caso o estudante seja selecionado por ambos os programas, ele deverá optar por um deles.


Para saber mais sobre o Sisu, clique aqui.

A sua nota no ENEM não foi o que você estava esperando?
Não se preocupe! Preencha o formulário e saiba como a gente pode te ajudar a entrar na faculdade.

© 2018 Catho Educação

Catho Online Ltda. Alameda Juari, 262

Barueri, SP - 06460-090

CNPJ 03.753.088/0001-00