PROUNI 2019

Entenda como funciona o PROUNI e prepare-se para o grande momento da sua vida

 

O que é o Prouni?

Criado em 2004 pela Lei nº 11.096/2005, o Programa Universidade para Todos - Prouni concede bolsas de estudos integrais e parciais a estudantes de cursos de graduação e de cursos sequenciais de formação específica em instituições de ensino superior privadas.

Mas afinal, o que é o Prouni? Confira o vídeo!

Como funciona o Prouni?

Estudantes do ensino médio, tanto das escolas da rede pública quanto da rede particular, e com renda máxima de três salários mínimos, podem contar com os benefícios do Programa.

Os candidatos são selecionados por meio das notas obtidas no ENEM, e desde a sua criação já atendeu mais de 1,9 milhão de estudantes - 70% com bolsas integrais.

O Prouni possui, ainda, ações em conjunto para incentivo à permanência dos estudantes nas instituições, como a Bolsa Permanência e do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que permite ao bolsista financiar até 100% da mensalidade não coberta pela bolsa do programa.

O Prouni oferece bolsas integrais e bolsas parciais:

Bolsa integral: para estudantes que possuam renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio.

Bolsa parcial de 50%: para estudantes que possuam renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até três salários mínimos.

Quem pode participar do Prouni?

As inscrições são abertas duas vezes ao ano (um no primeiro semestre e outro no segundo semestre) e para poder se candidatar o aluno precisa ter feito a edição mais recente do Enem, não ter diploma de curso superior e ter renda familiar de até três salários mínimos.

O estudante precisa, ainda, ter nota mínima de 450 pontos nas provas objetivas e não zerar a redação. É preciso, também, se encaixar nos perfis:

  • ter cursado todos os anos do ensino médio em escolas públicas

  • ter cursado todos os anos do ensino médio em escolas particulares com bolsa integral

  • ter cursado parte do ensino médio em escolas públicas e parte do ensino médio em escolas particulares como bolsista integral

  • ser portador de necessidades especiais

  • ser professor de escola pública (contratado) - o professor pode concorrer a bolsas nos cursos de licenciatura, superior ou pedagogia.*

*No caso do professores, o critério de renda não é considerado, ou seja, eles podem ganhar mais de três salários mínimos.

O aluno pode entrar no sistema enquanto as inscrições estiverem abertas e modificar as opções de cursos, caso queira. Ao ser selecionado, ele tem alguns dias para realizar a matrícula na faculdade, e quando as vagas não são totalmente preenchidas depois das duas chamadas, é aberto o processo de Bolsas Remanescentes.

Bolsa permanência

Dado aos alunos com bolsa integral no Prouni, a bolsa permanência busca ajudar os alunos a custear as despesas do curso. Para saber o valor exato da bolsa permanência é preciso consultar o edital no site do MEC.

Quem pode ter a bolsa permanência?

Para ter a bolsa permanência é preciso estar matriculado em cursos com carga horária média superior a seis horas diárias. O curso também precisa ser presencial e ter duração mínima de seis meses.

Como pedir a bolsa permanência?

Para pedir a bolsa permanência é preciso ver o edital no site do MEC e cumprir as exigências. A seleção é realizada todos os meses, sempre no início do mês.

Como a bolsa permanência pode ser cancelada?

A bolsa permanência pode ser cancelada em casos como:

  • transferência para um curso com carga horária menor a seis horas diárias

  • cancelamento da bolsa do Prouni

  • comprovação de que o dinheiro não está sendo usado para o custeamento das despesas educacionais

  • omissão ou informações falsas para conseguir a bolsa

  • solicitação de desligamento pelo aluno

Inscrição no Prouni

Inscrição no Prouni

O Prouni possui duas fases - processo regular e processo de bolsas remanescentes. No processo regular podem se inscrever pessoas que tenham feito o Enem do ano ou ano anterior. Já para as bolsas remanescentes podem se candidatar professores da rede pública de ensino que estejam exercendo a profissão e que façam parte do quadro permanente da instituição pública. Nos dois processos as inscrições são gratuitas e efetuadas somente pela internet. Saiba mais sobre como é a inscrição no Prouni.

Resultado e matrícula do Prouni

Resultado e matrícula do Prouni

Como o Prouni não envia nenhuma notificação com os classificados, é preciso ficar atento no site oficial e consultar a lista assim que saírem os resultados da primeira chamada, da segunda chamada e da lista de espera. É na página do Prouni que você também consulta o período de matrícula, que é divulgado logo após a divulgação dos aprovados. Saiba mais sobre como se matricular no Prouni

O que é o Sisprouni

Uma vez bolsista do Prouni, o aluno é cadastrado no Sisprouni, o Sistema informatizado do Prouni. Nele há todas as informações sobre os bolsistas e as instituições que participam do programa.

É também pelo Sisprouni que o MEC consegue ter acesso aos dados em tempo real. É possível ver dados como:

  • frequência das aulas

  • histórico do aluno

  • aprovação em pelo menos 75% das disciplinas

Para garantir a permanência da bolsa, o coordenador da instituição de ensino superior atualiza o cadastro do bolsista diretamente no Sisprouni.

Bolsa cancelada pelo Prouni

As bolsas dadas pelo Prouni podem ser canceladas caso o aluno:

  • abandone o ano letivo

  • tenha um aproveitamento abaixo de 75% das disciplinas cursadas no período letivo

  • não pague a parcela não coberta pela bolsa (só para bolsistas parciais)

  • se afaste sem justificativa

Prouni e Sisu

Enquanto o Prouni concede bolsas de estudos integrais e parciais de 50% em instituições privadas de educação superior, o Sistema de Seleção Unificada - Sisu é o sistema informatizado no qual as instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para estudantes que participaram do Enem.

O estudante que se candidatar ao Sisu pode se inscrever no Prouni, desde que tenha os pré-requisitos do programa. Porém, fica proibido do estudante utilizar a bolsa do Prouni e estar matriculado em uma instituição de ensino superior pública e gratuita. Caso o estudante seja selecionado por ambos os programas, ele deverá optar por um deles.

Saiba mais sobre o Sisu.

Prouni e Fies

Caso o estudante que tenha sido contemplado com a bolsa do Prouni de 50% não consiga pagar a outra metade, ele pode optar pelo Fundo de Financiamento Estudantil - Fies sem precisar apresentar um fiador na hora de contratar o sistema.

Para isso, é preciso que a instituição e o curso que o estudante conseguiu a bolsa parcial do Prouni tenham oferta de vagas para o Fies - e o estudante também precisa ser aprovado no processo seletivo do Fies.

Como conseguir uma bolsa de estudos?

Para muitos estudantes, o Prouni é um dos caminhos para conseguir entrar na tão sonhada faculdade.

Mas se você não conseguiu uma vaga pelo programa, não se preocupe! Existem outras maneiras de você fazer faculdade pagando apenas 20% do valor da mensalidade.

Como? Confira as bolsas de estudos que a Catho Educação oferece em parceria com as principais instituições de ensino superior do Brasil e conquiste o tão sonhado diploma.

CERTIFICADO SSL100% SEGURO

© 2019 Catho Educação

Catho Online Ltda. Alameda Juari, 262

Barueri, SP - 06460-090

CNPJ 03.753.088/0001-00