184 vagas de emprego de enfermeiro chefe

Total de anúncios: 74

  • Enfermeiro Líder
    De R$ 3.001,00 a R$ 4.000,001 vaga: Rio de Janeiro-RJ(1)

    Garantir o cumprimento de normas, rotinas, regulamentações da Instituição e, das atividades planejadas para assistência, participando, analisando, delegando atividades e avaliando os processos de enfermagem e as interfaces com a equipe para promover uma assistência segura e de qualidade. Ensino Superior completo em Enfermagem. Desejável Especialização em UTI. Desejável ACLS.
    enviar currículo 7 dias grátis
  • Enfermeiro Líder
    De R$ 5.001,00 a R$ 6.000,001 vaga: São José dos Campos-SP(1)

    Realizar escala de atribuições, e monitorar sua execução. Realizar Gestão de Pessoas, com feedback. Realizar reuniões e orientações com os enfermeiros do setor e participar de reuniões com a Gerência de Enfermagem propondo melhorias. Realizar, acompanhar e orientar a execução das atividades do programa de gerenciamento de risco. Elaborar, mitigar e traçar planos de ação para os registros de eventos. Realizar e cobrar o atendimento dentro do Programa Nacional de Segurança do Paciente. Monitorar a elaboração e o cumprimento dos Processos de Enfermagem (SAE). Dimensionar a clientela por funcionário de acordo com a complexidade. Implantar acompanhar, Monitorar e estratificar os dados e analisando os resultados do setor. Desenvolver e administrar relatórios do setor. Manter-se integrado na busca das metas estabelecidas para o setor, sugerindo melhorias, baseado em resultados estratégicos.
    enviar currículo 7 dias grátis
  • Enfermeiro Líder - Medicina Diagnóstica
    De R$ 3.001,00 a R$ 4.000,001 vaga: São Paulo-SP(1)

    Responsável por planejar, coordenar e avaliar as atividades de assistência da enfermagem na unidade, visando garantir a integridade e confiabilidade no atendimento de enfermagem aos pacientes , além de garantir a pontualidade no atendimento.Realizar também a gestão de pessoas : escalas, ponto eletrônico, indicadores, treinamentos e processos seletivos. Experiência com gestão de pessoas. Ensino Superior em Enfermagem.
    enviar currículo 7 dias grátis
  • Enfermeiro Obstetra
    De R$ 5.001,00 a R$ 6.000,005 vagas: Santana de Parnaíba-SP(5)

    Na Maternidade, a enfermeira obstetra está habilitada a conduzir o parto quando acontece de forma natural, examinar a gestante, verificar contrações, dilatações e demais alterações no funcionamento do organismo feminino no momento do parto, e discernir quaisquer alterações patológicas que possam requerer atendimento médico especializado. Orientar a parturiente a encontrar posições mais confortáveis para o trabalho de parto, mostra formas eficientes de respiração e propõe medidas naturais que podem aliviar as dores, como banhos, massagens, relaxamento, uso da bola, etc. Cabe a enfermeira obstetra avaliar as condições fetais pela realização de cardiotocografia e de exames complementares. Prestar cuidados diretos de enfermagem aos pacientes, inteirar-se de diagnósticos, evolução clínica e tratamentos indicados às pacientes de patologias obstétricas, identificar distocias obstétricas; e tomar providencias assistenciais até a chegada do médico. Lidera os trabalhos de enfermagem do seu setor, orientando, motivando, conduzindo, realizando e desenvolvendo ações técnicas assistenciais de qualidade. Para tanto, cumpre e faz cumprir as normas, rotinas e procedimentos padronizados do seu setor, da instituição e do serviço de enfermagem. Formação em Enfermagem e Especialização em obstetrícia, preferencialmente com experiência na área já.
    enviar currículo 7 dias grátis
  • Enfermeiro de UTI
    R$ 1.974,271 vaga: Belo Horizonte-MG(1)

    Prestar assistência e supervisionar a equipe de enfermagem com foco em qualidade, humanização e excelência no atendimento, baseados em boas práticas de forma a atender as necessidades dos pacientes, acompanhantes e equipe multiprofissional. Graduação completa em em enfermagem- Pos-graduação e experiência em nefrologia.
    enviar currículo 7 dias grátis
  • ENFERMEIRA OBSTETRA
    A Combinar1 vaga: São Paulo-SP(1)

  • Enfermeiro Obstetra
    De R$ 3.001,00 a R$ 4.000,002 vagas: Tubarao-SC(2)

    Prestar assistência de enfermagem direta e cuidados em todas as fases do parto. Prestar assistência à parturiente no parto normal. Prestar assistência ao recém- nascido e lactente. Garantir e operacionalizar a Sistematização da Assistência de Enfermagem, em todas as suas fases: histórico, diagnóstico, prescrição e evolução enfermagem e orientação de alta a todos os pacientes/clientes, estabelecendo os padrões assistenciais, segundo a metodologia do cuidado integral. Ensino Superior em Enfermagem com registro no Coren. Desejável: Pós-graduação em Enfermagem Obstétrica. Experiência em auxílio à partos normais e acompanhamento em partos cirúrgicos. Conhecimento em práticas necessárias sobre cuidados com puerpério e RN.
    enviar currículo 7 dias grátis
  • Enfermeiro de UTI
    A Combinar1 vaga: São Paulo-SP(1)

    Receber e passar plantão. Liderar a equipe de enfermagem e suas atividades, cumprindo e fazendo cumprir as normas e diretrizes estabelecidas. Experiência como Enfermeiro em UTI Pediátrica. Especialização completa em Terapia Intensiva Pediátrica, Neonatal ou Adulto, Oncologia ou Urgência e Emergência.
    enviar currículo 7 dias grátis
  • Enfermeiro Obstetra
    R$ 4.001,001 vaga: Cajamar-SP(1)

    Promover assistência à gestante e ao recém-nascido, realizando todas as ações, procedimentos e avaliações necessárias ao melhor atendimento. Acolher a mulher e seus familiares no ciclo gravídico-puerperal e avaliar todas as condições de saúde materna, assim como a do feto e recém-nascido. Garantir o atendimento à mulher no pré-parto e puerpério por meio da consulta de enfermagem. Desenvolver atividades sócio-educativas e de humanização, fundadas nos direitos sexuais, reprodutivos e de cidadania. Realizar triagem obstétrica. Observar as normas legais, éticas e institucionais quanto à prescrição de medicamentos e a solicitação de exames, com a observância dos protocolos vigentes. Garantir a presença de acompanhante(s), da estrita escolha da mulher, desde o pré-parto, até a sua alta, ao final dos procedimentos, respeitando as condições da paciente e as normas institucionais. Avaliar a evolução do trabalho de parto e as condições fetais, utilizando-se os recursos do partograma e dos exames complementares. Priorizar a utilização de tecnologias apropriadas ao parto e nascimento, respeitando a individualidade da parturiente. Prestar assistência ao parto normal sem distócia e ao recém-nascido normal e patológico. Assegurar, conjuntamente com o médico, a remoção da mulher no caso de eventual intercorrência do parto e do puerpério, em unidades de transporte adequadas, se for o caso, utilizando-se da central de regulação e comunicando a gerência do projeto. Prestar assistência imediata ao recém-nascido que apresente intercorrência clínica e, quando necessário, garantir a sua remoção em unidades de transporte adequadas, utilizando-se da central de regulação e comunicando a gerência do projeto. Fazer registrar todas as ações assistenciais e procedimentais de enfermagem, consoante normatização pertinente. Realizar a prevenção da infecção neonatal por streptococcus, no ato da internação, pesquisando resultados dos exames das pacientes e comunicando ao médico para profilaxia conforme protocolo, quando for o caso. Notificar todos os óbitos maternos e neonatais aos comitês de mortalidade materna e infantil / neonatal da secretaria municipal e/ou estadual de saúde (portaria GM/MS nº1119, de 05/06/2008 e portaria MS/GM nº 72, de 11/01/2010). Comunicar expressamente ao profissional de monitoramento respectivo: o atendimento de gestantes e recém-nascidos de alto risco para fins de promoção da continuidade assistencial do projeto até um ano de idade. Ensino Superior completo em Enfermagem. Possuir registro no COREN. Especialização em obstetrícia. Experiência na área. Ter proatividade, empatia, organização. Capacidade de estabelecer prioridades. Boa comunicação.
    enviar currículo 7 dias grátis
  • Enfermeiro Visitador
    R$ 3.573,001 vaga: São Paulo-SP(1)

    Gerenciar conflitos na residência, intermediando os problemas entre clientes e equipe. Supervisionar técnica e eticamente, e orientar, os procedimentos realizados nos domicílios pelo Auxiliar/Técnico de Enfermagem, garantindo a segurança e qualidade do atendimento ao paciente. Interagir com os escalistas na definição das escalas de auxiliar de enfermagem nos processos de atendimentos domiciliares (intercorrências e implantações), orientando-os sobre as particularidades de cada cliente. Manter permanente contato com a equipe multiprofissional, atendendo às diversas solicitações e informando situações de intercorrências seja com o paciente ou com qualquer membro da equipe multiprofissional. Quando necessário, dar início a atendimento de urgência antes da chegada de um médico na residência do paciente. Realizar admissão (avaliação clínica, entrega do manual, orientação da família). Aplicar a SAE em sua totalidade, o Score ABEMID de manutenção do atendimento e o check list mensalmente. Controlar e organizar o prontuário, os materiais e equipamentos de uso do paciente, supervisionando seu uso adequado. COREN ativo
    enviar currículo 7 dias grátis

Cargos relacionados a Enfermeiro Chefe

Cidade, estado ou região
Mais opções de busca