O Portal Carreira & Sucesso é uma publicação digital da Catho. Aqui você encontra informações relacionadas ao mercado de trabalho, que irão auxiliá-lo em seu desenvolvimento profissional.

23/03/2012 - Como as empresas devem motivar os profissionais

Autor: Caio Lauer

MotivaçãoO retorno financeiro há tempos não é o fator que mais influencia na motivação de um profissional. O mercado de trabalho está cada vez mais dinâmico e fatores como desafios e o desenvolvimento na carreira impulsionam muito mais os indivíduos a alcançar resultados. A empresa tem responsabilidade direta neste processo motivacional quando falamos de visão de futuro da organização e objetivos dentro de uma trajetória profissional. A motivação está muito ligada aos anseios, desejos, sonhos e objetivos do profissional.

De acordo com a Pesquisa dos Executivos, realizada pelo Catho Online com mais de 46 mil respondentes, os fatores que mais motivam os profissionais em suas carreiras (em uma escala de 0 a 10) são o bom relacionamento com as pessoas do trabalho, reconhecimento como bom profissional e fazer o que gosta:

Pesquisa dos Executivos

Cada perfil profissional demanda um reconhecimento ou recompensa diferenciada. Alguns se motivam em superar desafios, romper alguns limites impostos pela organização ou pelas atividades do dia a dia. Neste contexto, é importante que a companhia ofereça condições para tal, como aprendizado e aprimoramento contínuos por meio de cursos e novas empreitadas. “Para estas pessoas, não é um alto salário que vai trazer motivação. A empresa deve compreender quais são os fatores que estimulam este tipo de profissional e direcionar as ações para aquilo que é esperado”, aponta Waleska Farias, coach e consultora de gestão de carreira e imagem.

A possibilidade de fazer carreira dentro de uma corporação ainda é um dos fatores que motivam bastante. Algumas pessoas precisam ter a informação clara de quando e como elas podem se tornar um líder, por exemplo. O processo de promoções na empresa deve ser claro, apresentando um plano de carreira concreto. Do contrário, profissionais com este objetivo não perduram muito tempo nas companhias.  “Um plano de carreira transparente é essencial para o indivíduo saber como deve evoluir e conduzir seu ofício da melhor forma para ele e para a organização”, diz Marcello Arias Dias Danucalov, coach executivo.

A remuneração não é mais o fator primordial para motivar um profissional, porém é algo que acompanha, inevitavelmente, a ascensão na carreira. Quando falamos de promoção, o cargo é alterado, mas a parte financeira também é corrigida. “Em meus trabalhos de coach executivo, vejo as pessoas valorizando muito mais empresas que custeiam cursos no exterior e investem no próprio coaching”, relata Farias.

Papel do líder

A atuação do gestor é primordial na motivação, mas, de modo geral, este lado ainda não é bem trabalhado. O bom gestor procura descobrir quais são os valores e condutas que motivam seus subordinados.

“Muitas vezes a pessoa está atuando dentro de um setor de uma empresa, mas não encontra motivação. E nem ela sabe que poderia estar mais satisfeita em outro departamento. O líder que tem esta visão estratégica, busca encaixar os valores individuais de seus liderados com as alternativas dentro da corporação”, finaliza Danucalov.

Leia mais sobre:

  |    |    |    |    |    |