Qual a minha relevância para os negócios?

Colunista: Alessandro NatalQuando iniciamos em um novo emprego ou iniciamos uma nova atividade, estamos a todo “vapor “ com todo “gás” e nos tornamos muito relevantes aos olhos de todos. Com o passar do tempo, o trabalho rotineiro, conflitos internos e externos acabam nos tirando do foco e com isso comprometendo o nosso trabalho. Para não deixar a peteca cair precisamos fazer sempre uma auto avaliação:

-Eu estou dando o meu máximo para vencer os desafios diários?
-Qual está sendo minha contribuição para o bom funcionamento do sistema?
-Consigo estar fisicamente, emocionalmente e mentalmente presente em tudo o que faço?
-Estou tomando minhas decisões em cima de fatos ou suposições?
Diariamente, precisamos nos esforçar para dar contribuições que agreguem valor ao sistema, tornar produtivos os pontos fortes da organização e concentrar esforços para atingir os resultados.
Para você continuar tendo destaque em suas atividades e manter sua relevância, listamos algumas orientações:
-Conheça os processos da empresa e suas interações;
-Domine os processos que você está envolvido;
-Tenha clareza na conduta e cobre isso de seus pares e subordinados;
-Desenvolva habilidade de comunicação;
-Esteja sempre aberto ao aprendizado e troca de experiências.
Lembre-se: Quem não se desenvolve e não contribui é eliminado.  Boa sorte.

Estamos preparados para a batalha da concorrência?

Para o jogo que virá

Tudo tem consequência