Com que roupa eu vou?


Estamos em plena era da modernidade e liberdade de expressão. Certo? E isso tem refletido muito no modo de como as pessoas se vestem, algumas apostando mais nas produções ousadas mesmo no figurino do trabalho. Isso tem feito empresas se atentarem à  apresentação dos seus funcionários, como o reflexo da própria empresa, mesmo não obrigando uso de uniforme, mas adotando um Dress Code, o bom e velho código de vestimenta.

E o termo Dress Code vem sendo cada vez mais usado entre diretores de empresas e gestores de RH para definirem o que cada um de seus colaboradores deve vestir para trabalhar. Algumas mais liberais, deixando a livre escolha de seus funcionários confiando no bom senso, outras definem regras muito rígidas que chegam a ser exageradas, e aquelas que o Dress Code serve tanto para a vida social quanto para a profissional.

Está gostando da leitura? Cadastre seu e-mail e receba mais conteúdo.

[newsl]

Mas muitas vezes, as empresas encaram essas regras como essenciais e vêm os profissionais como representantes dos valores e princípios da organização onde trabalham para que consigam traduzir a imagem da empresa na forma de se vestir.

Se a sua empresa não possui um Dress Code definido e também não oferece uniforme, o #NaLabuta tem uma solução sensata e bastante prática. Quer saber?

A política do menos é mais, e passar uma imagem mais sóbria, mesmo quando a empresa é mais informal, é sempre o melhor caminho, mesmo porque o comportamento e aparência de um profissional são capazes de expor de forma direta, desde a primeira impressão a identidade da empresa em que trabalha.

Entretanto dependendo da companhia, fica a regra do bom senso. É necessário ter a consciência de que com ou sem regras, cada profissional precisa estar alerta ao marketing pessoal. O aspecto físico e como se apresenta afeta diretamente a imagem da empresa e influencia sua imagem registrada no mercado de trabalho.

O cuidado não apenas com o que vestir, mas também na higiene e aparência valoriza e aumenta nossa credibilidade junto aos nossos clientes e colegas. Esteja atento!

[adinserter name=”relacionadas”]

3 fatores que atrapalham profissionais maduros a voltarem ao mercado…

Barreiras da inclusão no mercado de trabalho

Como conseguir emprego sem experiência?