Como fazer um currículo sem experiência e sem ensino superior

Autora: Camila Martins

Como fazer um currículo sem experiência e sem ensino superior

Fazer um currículo não é uma tarefa nada fácil. Ainda mais quando você não tem experiência ou ensino superior.

Bom, nesse caso, o que incluir no currículo? Como convencer o recrutador que você é o candidato ideal para a vaga? Listamos as principais dicas para conseguir tornar seu currículo atrativo para as empresas e conquistar seu tão sonhado primeiro emprego. Confira!

O primeiro passo é ter foco, saber para qual vaga você busca emprego. No campo Objetivo você pode simplesmente colar o título da vaga para a qual você irá se candidatar, assim você atende o padrão ideal (cargo + área de interesse) e mostra ao recrutador que você está buscando aquilo que ele tem a oferecer.

Se você está em dúvida ou ainda não sabe qual carreira seguir, nós podemos te ajudar através do nosso teste vocacional. O teste é rápido e totalmente gratuito.

Definido o objetivo, é hora de mostrar para a empresa que você é capaz de ocupar aquele cargo. Mesmo sem experiência? Sim, mesmo sem experiência! Coloque no papel todas as atividades daquele emprego para o qual você vai enviar currículo. Feito isso, o segundo passo é fazer seu resumo de qualificações com base nessas atividades. Você pode descrever sua disposição e seu interesse para atuar com tais atividades. Mas não use o CRTL + C e CRTL + V para isso. Você pode começar o seu Resumo de Qualificações dessa forma:

Profissional em início de carreira, com interesse em atuar com [citar atividades do cargo de seu interesse]. Habilidade para [citar habilidades exigidas no cargo] e conhecimentos em [você pode citar conhecimento em informática aqui].

Lembre-se de sempre utilizar palavras como “habilidades”, “aptidão”, “conhecimentos” e “interesse”. O Resumo de Qualificações pode ter até 4 parágrafos com 3 a 4 linhas cada.

Não esqueça: é o resumo de qualificações que vai tornar o seu currículo atrativo, por isso, capriche nele!

Como dispor as informações é o terceiro, e último, passo nesse momento. Anote:

  • Nome
  • Dados para contato, endereço, nacionalidade, estado civil e se possui CNH. Aqui, não é preciso incluir números de documentos nem quantidade de filhos. Se a vaga para a qual você vai enviar o currículo exige disponibilidade para mudança ou para trabalhar no período noturno, você pode incluir sua disponibilidade nesse campo.
  • Objetivo, com apenas o cargo de interesse ou a área.
  • Resumo de qualificações
  • Formação acadêmica


Pronto para começar a enviar currículo e ficar mais perto do seu novo emprego?

5 comportamentos que podem te eliminar do processo seletivo mesmo…

Use a tecnologia a seu favor no processo de recolocação…

Aprenda a como evitar o burnout em um novo emprego