A importância do feedback para o profissional e para a empresa

Autor: Marcela Alves

O feedback é uma prática bastante comum nas empresas para encorajar, criar confiança e visar a solução de problemas e o aprimoramento das habilidades dos colaboradores. Entretanto, para alcançar os resultados esperados, ele precisa ser aplicado de forma correta.

No mundo corporativo, o feedback nada mais é do que o parecer sobre uma pessoa ou grupo de pessoas com o intuito de avaliar o seu desempenho na realização de um trabalho. A ação, segundo um estudo global do Top Employers Institute feito com 600 empresas em 99 países, é considerada pelos profissionais como a melhor forma de medição de desempenho. Entre os entrevistados, a maioria afirmou preferir os processos mais transparentes de estabelecimento de metas e feedbacks mais regulares dentro de processos de avaliação, em comparação às tradicionais revisões anuais de desempenho.

No Brasil, participaram 26 empresas que, juntas, empregam mais de 300 mil colaboradores. Elas comprovam que nesse tema as empresas brasileiras estão totalmente alinhadas à tendência global. Aqui, 100% delas treinam seus gerentes para dar a seus funcionários um feedback aberto e construtivo em uma base contínua – percentual que nos coloca à frente da França (79%), Itália (87%) e Reino Unido (90%), por exemplo.

Aliás, em 79% das organizações participantes no Brasil, os objetivos de desempenho dos gerentes são completamente transparentes para seus subordinados diretos. Na França, esse índice é de apenas 13% e na Alemanha, 43%.

“Uma das principais conclusões do nosso estudo é que a gestão de desempenho evoluiu de um evento anual, com objetivos rígidos, para um processo transparente de diálogo contínuo, com metas flexíveis, que está mais incorporado no dia a dia das operações. As empresas que se tornam Top Employers redefiniram desempenho como a capacidade de colaborar e contribuir para o sucesso de uma equipe”, explica David Plink, CEO do Top Employers Institute.

Segredo para uma boa liderança

Compreender a importância do feedback constante e bem-feito para o desenvolvimento pessoal e profissional dos funcionários é um dos pontos essenciais de uma boa liderança. Parte das tarefas de um líder, para que a ação tenha o efeito desejado é preciso cuidado para não causar um resultado inverso.

“É essencial que os líderes tenham a capacidade de dizer no que a equipe pode melhorar, como também a si mesmo”, afirma André Silva, palestrante e consultor de motivação e vendas. Segundo Silva, há pesquisas que indicam que, quando o assunto é motivação profissional, o reconhecimento está acima da recompensa financeira. “Por isso, reconhecer as potencialidades do seu liderado é uma das principais características do líder alta performance”.

Todas as equipes necessitam de um líder, uma pessoa que motive, saiba estimular bons resultados e encorajar novos posicionamentos. No entanto, “alguns colaboradores ficam na defensiva e se sentem humilhados ou envergonhados quando o feedback não é aplicado corretamente”, afirma a coach e fundadora da Positive Transformation Coaching, Bibianna Teodori.

Na opinião da especialista, para que o aprendizado possa ocorrer é fundamental que o emissor da mensagem aponte caminhos mais produtivos e enriquecedores. “Deve-se encorajar o colaborador, esclarecer pontos da situação atual e visar asolução dos problemas, além do aprimoramento de habilidades”, completa.

Confira a seguir algumas dicas da coach para dar um feedback correto, eficaz e sem constrangimento, colaborando para o desenvolvimento da equipe e a melhoria dos processos e resultados organizacionais.

Seja imparcial

Descreva o comportamento ou o acontecimento que merece atenção, exatamente como ocorre, sem fazer juízo de valores.

Vá direto ao ponto

Seja específico, não generalista. Pense na pergunta: qual comportamento deve ser melhorado ou aprimorado?

Pense no colaborador

O feedback deve ser voltado para a necessidade do receptor, e não do emissor. A ação não é feita para extravasar raiva, decepção ou qualquer emoção negativa.

Crie a cultura

Ajude a tornar o feedback algo solicitado, positivo, bem recebido e não imposto. Se você quer fazer uma bela colheita, precisa de terra e sementes saudáveis.

Não deixe para depois

Dê o feedback rapidamente, logo após um acontecimento. Quanto maior a demora, maiores são as chances de pontos cruciais serem esquecidos.

Fique de olho

Tente validar se o feedback foi absorvido. Existe uma grande diferença entre ouvir e escutar. Ouvir efetivamente significa entender e observar as informações transmitidas.

Medos que impedem de se candidatar à uma vaga e…

O networking até mesmo no elevador!

O que é Microgerenciamento e quais seus impactos para o…