Entrevista de emprego? Deixe o robô em casa


Se você fosse o recrutador de uma empresa gostaria de perder tempo entrevistando alguém que repete frases feitas e que mais parece um papagaio de pirata repetindo jargões que se ouve em todas entrevistas? Certamente… Aliás, com certeza não!

De acordo com estudo realizado pela Quorum Brasil revela que, para 31,3% dos executivos de empresas, o maior problema para contratar um profissional é a falta de inciativa do candidato. Em seguida, aparecem a falta de experiência, com 25,5%, e formação inadequada para o cargo, com 18,8%.

Esse assunto te interessa? Receba mais conteúdo relacionado a carreira, basta cadastrar seu e-mail abaixo.

[newsl]

Por isso, ensaiar milhares de vezes sozinho e em frente ao espelho o que deve falar na entrevista é necessário sim, essencial! Mas onde está a iniciativa, sua personalidade e pró atividade? É preciso mostrar que você é o profissional pronto ou com motivação para fazer a diferença e se jogar em novos desafios. A ideia é colocar seu toque pessoal e deixar o discurso ‘caxias’ com a sua cara. Ou melhor, mais natural!

[adinserter name=”relacionadas”]

O que fazer quando o seu chefe te desrespeita?

Qual o tamanho perfeito para um currículo?

Recursos Humanos (RH) e os profissionais com deficiência