O perfil e as habilidades da mulher mãe no mercado de trabalho

Conciliar família, filhos e trabalho não é uma tarefa nada fácil. A sobrecarga da dupla jornada, que veio junto com a entrada da mulher no mercado de trabalho, é o principal desafio que as mulheres mães enfrentam. Apesar disso, elas se mostram cada vez mais capazes de administrar com maestria os dois papéis, sendo uma ótima profissional e uma ótima mãe.

Luciano Salamacha, um dos especialistas em gestão de carreiras mais requisitado entre as companhias no Brasil, doutor em administração e professor da FGV Management, listou alguns talentos típicos de mulheres mães que as destacam no mundo empresarial e favorecem os negócios.

Estabelecer e gerenciar relacionamentos interpessoais em prol da união familiar. No mercado de trabalho, isso se traduz no fortalecimento da equipe e traquejo para driblar diferenças pessoais.

Executar diversas atividades ao mesmo tempo, aprimorado pela necessidade de executar suas tarefas rotineiras e estar atenta aos filhos, paralelamente. No dia a dia profissional, essa habilidade a permite desempenhar três ou quatro funções ao mesmo tempo e com genialidade.

Entendimento de diversos assuntos e capacidade de rápida aprendizagem, adquiridos na busca constante de informações para atendimento das necessidades dos filhos. Salamacha explica que o mercado empresarial, atualmente, necessita mais do que especialistas profundos em apenas uma pequena área ou de generalistas que conhecem um pouco de tudo. “Na verdade, hoje, as organizações demandam de pessoas que têm uma visão geral. Que sejam capazes de responder com profundidade por áreas que são vitais para a sobrevivência da companhia e, ao mesmo tempo, possuem conhecimento superficial para atuar em áreas periféricas”, complementa o especialista.

Sensibilidade e detalhismo é um fator que favorece os negócios e o ambiente de trabalho nas corporações. A mãe está sempre atenta a pequenos detalhes que possam fazer a diferença na sobrevivência e saúde da sua família. “Em atividades como na área financeira, controladoria e contabilidade, as profissionais que são mães têm alto grau de confiabilidade sobre as tarefas realizadas, comparando com o desempenho de outros perfis da equipe”, explica Salamacha.

Resiliência e perseverança. Com a maternidade, as mulheres demonstram grande poder de assimilar ocasiões adversas e reverter aspectos negativos para situações otimistas e melhores, em defesa de suas crias quando se trata da família, e de suas criações no âmbito corporativo.

Engajamento e expansão de equipe. “Quem nunca ouviu a expressão: em coração de mãe sempre cabe mais um? Na prática, no âmbito familiar, ela é facilmente compreendida. E no mercado de trabalho ela também se aplica favoravelmente. A maternidade habilita a mulher a sempre unir as pessoas que gosta e envolver com sentimentos saudáveis”, comenta Salamacha.

No mercado de trabalho, quem senta no Trono de Ferro?

5 pensamentos que te atrapalham na hora de conseguir um…

Destravando a comunicação dos tecnólogos