Pesquisa aponta a importância do estágio para garantir bons empregos

Adquirir experiência na profissão durante a universidade é fundamental para ingressar efetivamente no mercado de trabalho. É o que aponta uma pesquisa realizada pela consultoria Robert Half, onde mais de 80% dos 2.100 diretores de empresas entrevistados nos Estados Unidos, afirmaram que a vivência na profissão é importante para candidatos que pretendem conquistar boas oportunidades logo após a conclusão de curso.

“Existe uma defasagem entre o que é ensinado nas escolas e o que as empresas exigem e, com isso, cresce a necessidade de qualificar cada vez mais os jovens por meio de especializações ou programas de estágio e aprendizagem. Mesmo para aqueles que conseguirem seu espaço no mercado de trabalho, a formação deverá ser contínua”, recomenda Luiz Gonzaga Bertelli, presidente executivo do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE).

Segundo dados do CIEE, 6 em cada 10 estagiários são empregados pela CLT, o que comprova a importância da bagagem e experiência profissional para que as empresas efetivem esses estudantes.

O mercado de trabalho necessita de mão de obra nova e motivada, e existem diversas maneiras, além do estágio, para que o jovem consiga sair na frente no contexto corporativo. Abaixo, a Robert Ralph elencou algumas dicas para quem pretende se qualificar durante o período universitário:

 

1. Pense além dos cifrões

Estágios remunerados são atraentes, mas não pense apenas no dinheiro. As oportunidades valiosas são as que proporcionarão o máximo de exposição, experiências e conexões.

2. Seja um voluntário

Busque trabalhos voluntários que possam reforçar competências e habilidades.

3. Explore todas as suas opções

Oportunidades temporárias permitem ganhar experiência no mundo real. Algumas tarefas de contabilidade e finanças temporárias podem resultar em ofertas de trabalho permanente.

4. Agarre as oportunidades

Não se veja como “apenas um estagiário”, “voluntário” ou  “temporário”. Trate cada oportunidade como um trabalho real, adotando a mentalidade de um funcionário permanente. Observe como os outros colaboradores interagem e adapte o seu estilo de trabalho e comportamento.

5. Fique em contato

Depois de um estágio ou de um trabalho temporário, escreva uma carta de agradecimento para quem te ajudou ou orientou. E mantenha contato durante todo o seu período universitário. Dessa forma, suas chances de garantir ligações de trabalho, recomendações ou até mesmo uma oferta de emprego aumentam.

3 comportamentos que você deve ter no novo emprego

5 fatores eliminatórios num processo seletivo de estágio

A reforma do ensino médio e a escolha precoce da…