A crise chegou até você? Contemple o belo e faça acontecer

Nesse momento de turbulência na economia, na política e nas emoções das pessoas, tenho ouvido a frase: “não existe crise!”. Isso pode ser um problema. Existe a possibilidade de ser uma fuga ou negação de algo que é real e está próximo dos empresários, dos profissionais e das pessoas de forma geral.

Pode ser que isso impacte até mesmo na autoestima das pessoas, quando predomina o pensamento: o que será que eu não consigo fazer para dar conta dessa crise, enquanto os outros não sentem ela chegar? Além de tudo isso, ainda vem a culpa: o que eu estou fazendo de errado?

É importante deixar claro que a crise é real e não imaginária. A solução é que pode estar na imaginação ou no pensamento, e normalmente é ai que tudo começa. É lidar com tudo isso de outra forma, visualizando em outra perspectiva, o que contribui até mesmo na mudança do  modelo mental, na forma como enxergamos os problemas, o que nos leva a lidar com eles de maneira criativa.

Nesse sentido é importante lembrar que o meu pensamento interfere nas minhas emoções, o que impacta na minha disposição para a ação, e é base para os resultados que conquisto. Se eu penso que a crise vai acabar com minha carreira, ficarei com medo e parado esperando as coisas acontecerem desta forma.

Mas se eu penso que justamente por estar na crise é o momento para criar novas soluções, vou me motivar para fazer coisas novas e terei a oportunidade de prosperar justamente por isso. Essa prosperidade pode estar no cuidar mais de mim, aproveitando momentos preciosos com a queda de demanda de trabalhos, ou de fortalecer a minha resiliência, encarando os problemas com maior equilíbrio.

Essa é a lógica do momento e contemplar o belo é um caminho para que eu aproveite coisas simples e grandiosas, dando novo significado a elas, como por exemplo:

1 – Preciso demitir pessoas e sofro muito com isso

É uma realidade que me leva até a fugir das pessoas, das que foram e de quem permaneceu comigo na equipe? Contemple o belo: observe mais a sua capacidade de cuidar de uma pessoa, mesmo ao demiti-la. Faça isso exercitando a empatia, parando para ouvir o quanto aquele momento é difícil para ela e se disponibilize para continuar o contato.

Para a equipe que fica, fale de seus sentimentos, do quanto é importante a motivação para produzirem mais e melhor, o que estará criando espaço para o retorno de pessoas, mudando o movimento. Você estará dando oportunidade para que os outros contemplem também a beleza do ser humano que é você.

2 – Se o demitido foi você, contemple o tempo livre que você tem agora para fazer o que não conseguia fazer antes

Faça coisas ligadas à diversão e ao cuidado consigo mesmo. Se reabasteça para a busca de novas oportunidades e busque-as, reinvente-se. Curta primeiro esse tempo seu e vá em frente! Aproveite também para fazer aqueles cursos que contribuem para o seu desenvolvimento. Não há dinheiro? Vá a palestras gratuitas, onde além de aprender coisas novas, você vai fazer o seu networking.

3 – Contemple o seu potencial e força de vontade

Se precisou abrir mão do seu personal trainer, admire a sua capacidade e força de vontade para continuar malhando, caminhando, ao invés de se queixar por isso e se entregar ao sedentarismo. Essa é uma forma de fortalecer a sua resiliência. Transporte esse pensamento para outras situações.

4 – Curta a sua capacidade de economizar e não jogar mais dinheiro fora

Crie, reinvente e mude as suas escolhas, pois o sucesso é o resultado delas. Escolha programas gratuitos ou mais em conta e se delicie neles, pois o universo é vasto e está a sua disposição. Passear no parque nesse momento, observando mais a natureza e o encontro com você pode ter o mesmo impacto que ir à Disney. É só começar a deixar a sua mente se divertir mais, com cada detalhe na vida.

5 – Contemple a beleza dos relacionamentos, a começar com aqueles de dentro de casa, valorizando espaços preciosos em família

Marque encontros com pessoas que você quer bem, que você admira, com pessoas de sucesso. Resgate as relações e coopere com elas, pois essa é a melhor forma de fazer o seu networking.  Vá com o intuito apenas de aprender e demonstre o que você sabe e como pode ajuda-las. Você terá surpresas positivas, sem contar que o processo já é saboroso.

É essencial lembrar que construímos a nossa vida da nossa maneira e contemplar o belo é o caminho para construir o belo, pois a minha realização é fruto da forma como eu vejo as coisas e como me posiciono diante delas.

Muito sucesso para você!

Abraços afetuosos!

Susanne Andrade é Escritora, Palestrante e Coach. Sócia-diretora da Andrade & Barros Consultoria. Leciona disciplinas sobre comportamento humano e coaching em MBA da FIAP, assim como na Universidade Petrobras. Facilita grupo de estudo na ABRH-SP sobre a “humanização das relações para a conquista de resultados organizacionais”, cujo tema escreve também em seu blog, em susanneandrade.com.br. Responsável pelo “Canal Humanizar” do youtube sobre vida e carreira. É autora do livro “O Segredo do Sucesso é Ser Humano” – Primavera Editorial. Contato: susanne@andradebarros.com.br

Planeje-se (de verdade!) para alcançar o sucesso em 2020

4 dicas para se dar bem em processos seletivos em…

Como montar um bom currículo?