Comunicação: Estratégia para humanização no trabalho

Por: Roni Silva

A humanização das organizações é uma tendência cada vez mais importante e presente em gestões com visão de futuro alinhadas as necessidades do mercado. A comunicação é uma das melhores formas de humanizar uma organização, visto que conecta pessoas a um objetivo único.
Segundo Luiz Shiro, gestor de e-commerce da Vivara, as organizações serão cada vez mais dependentes da comunicação para integrar seu capital humano e organizar seu fluxo de tarefas, onde uma área é necessariamente interligada a outra.

Gestão humanizada

No passado, os estilos de gestão utilizados nas empresas eram extremamente rígidos e voltados exclusivamente para a alta produtividade e a única “motivação” existente para o homem era o dinheiro.
Não que ainda não existam empresas que partilham dessa linha de administração, porém, atualmente, as organizações estão, aos poucos, se tornando mais flexíveis e voltadas para as questões humanísticas, como autoridade, o homem em seu individual e coletivo e a responsabilidade da empresa, uma vez que está inserida na sociedade e é parte atuante dela.
Vale lembrar que para alcançar este objetivo é preciso aderir a uma nova postura e mudar algumas atitudes. Adotar práticas de comunicação efetivas e integradas, apostar em ações de comunicação interna e de responsabilidade e relacionamento social e ambiental são excelentes ações que podem fazer com que as organizações mostrem os seus esforços tanto com seus colaboradores, quanto para a sociedade.
A comunicação, enfim, pode ser entendida como ferramenta básica para auxiliar na humanização das organizações, criando laços e boa vontade entre a organização e seus públicos de toda e qualquer natureza, além de criar novas formas de administrar e comunicar que leva em consideração a dinâmica, a diversidade e a imprevisibilidade do mundo atual.
 

Estamos preparados para a batalha da concorrência?

Para o jogo que virá

O que a neurociência tem a ver com a sua…