2017: áreas que estarão em alta – Big Data

Por: Roni Silva

Salário Médio: R$ 3.840,40

A área de Big Data, também é uma das áreas que estarão em alta em 2017 segundo os especialistas da Catho. Diante da superlotação de dados e informações, as empresas precisarão de profissionais que façam a análise estratégica de todo esse conteúdo que expressa muitos dados interessantes sobre consumidor, reações do mercado, entre outros dados.

O intuito das atividades de profissionais de Big Data  é utilizar desses recursos para o desenvolvimento de melhorias no posicionamento empresarial das instituições no dia a dia das empresas.

Além de talento e um perfil analítico, boa parte das companhias que buscam profissionais nessa área identificam como habilidades essenciais o conhecimento em matemática, estatística, processamento de linguagem, hardware, software e negócios.

No entanto, quando falamos de uma formação acadêmica realmente direcionada a esse ramo, temos diferentes opiniões. Afinal, é de se convencer que cada negócio tem uma necessidade específica e por isso os perfis desses profissionais podem alterar de acordo com a ótica e interesse particular de cada companhia.

Sendo assim, formações correlatas ao desenvolvimento das habilidades supracitadas (matemática, estatística, processamento de linguagem, etc.) apresentam um direcionamento – mesmo que não tão específico e garantido – a oportunidades dessa área.

Postura do chefe: favoritismo e indecisão são maiores insatisfações, diz…

Obstáculos da inclusão: PcD no mercado de trabalho

Imposto sobre 13º, férias e horas extras entra em vigor