Pedir ou não aumento ao chefe

Colunista: Sebastião Augusto PerossiHoje estão disponíveis na mídia várias matérias sobre como pedir aumento ao chefe, bem como o que evitar na hora de solicitar o reajuste, trago neste artigo outro olhar sobre o tema.
Entendo que o profissional é o administrador da sua carreira. Seu desempenho, qualidade das entregas, alcance e/ou superação das metas, comprometimento e investimento na manutenção e/ou aprimoramento das suas competências, são evidencias que vão contribuir para sua evolução nas organizações. Portanto o desempenho tem que ser visível no ambiente de trabalho e esta visibilidade tem que ser registrada pelos chefes.
Em geral as empresas estruturadas e organizadas têm uma política de cargos e salários, bem como as ferramentas de gestão definidas. As políticas e ferramentas dão subsídios e orientam os chefes para análise e avaliação das equipes de trabalho e, estabelecem as diretrizes para definição dos cargos, nível na carreira e limites de salários que podem ser praticados.
Neste contexto, o dia a dia do profissional é orientado por vários indicadores: seu desempenho, seu cargo, seu nível na carreira, seu posicionamento salarial, as políticas, o orçamento, as oportunidades internas, seu chefe e o mercado de trabalho.
O conhecimento do profissional em relação a estes cenários e a sua percepção em relação ao contexto é o que deve orientar as ações a serem tomadas. O chefe representa o seu facilitador dentro do processo. O chefe deve conhecer as normas e procedimentos de cargos e salários, orientar e fortalecer a comunicação junto a sua equipe e ser o mais coerente possível nas suas decisões, incluindo a gestão salarial.
Conversar com o seu chefe é importante.
Saber das oportunidades e como está o seu desempenho é essencial. Reforçar o entendimento das políticas, plano de carreira e ambiente de negócios é fundamental. Decidir por ficar, entender as políticas, acreditar na organização e/ou buscar novas oportunidades no mercado é sua decisão.
Portanto sob meu ponto de vista, pedir aumento é uma ação que pode ser feita, mas pode não ser muito eficaz, pois além de expor o funcionário perante a chefia, pode afetar a sua autoavaliação.

Plano de Cargos e Salários e o Gênero

O dia da remuneração

A síndrome do teto salarial