O Portal Carreira & Sucesso é uma publicação digital da Catho. Aqui você encontra informações relacionadas ao mercado de trabalho, que irão auxiliá-lo em seu desenvolvimento profissional.

12/08/2017 - 3 maneiras de detectar mentiras durante uma entrevista

Autor: Roni Silva

A mentira tem pernas curtas? Às vezes, sim, mas as mentiras não são tão fáceis de serem detectadas como parece. Em um processo seletivo, um recrutador entra em contato com diversas pessoas e conhece diversas histórias e experiências .

Para que se extraia o conjunto de atributos necessário para uma contratação é preciso ter a capacidade de identificar algumas características do candidato. Perceber que alguma informação não é verdadeira pode ser fundamental.

Aldert Vrij, professor de psicologia social da Universidade de Portsmouth na Inglaterra, em anos de estudos, formulou algumas orientações para detectar mentiras por meio de comunicação verbal ou não verbal, ou seja, com algumas observações simples é possível identificar mentiras pela postura de um candidato.

Confira na sequência as dicas elaboradas com base nos estudos de Aldert Vrij e conheça algumas atitudes que podem indicar que algo está sendo contado de forma errada pelos candidatos:

1. Movimento dos olhos

Segundo estudos neurolinguísticos, os olhos se movimentam de acordo com determinadas atitudes. Quando se lembra de sons e imagens, por exemplo, os olhos se movem para a esquerda, e quando se imagina algo os olhos se movimentam para cima e para direita.

Sendo assim, o recrutador pode abordar sobre as experiências de candidatos, o que o faria relembrar de sons e imagens já vividos e consequentemente mover os olhos para esquerda, caso os olhos sejam movimentados para cima e/ou direita há fortes indícios de que se esteja imaginando algo.

2. Micromovimentos inconscientes

Mover o pé com ritmo e frequência, balançar as mãos, tremer, ficar gago e outras ações inconscientes podem indicar despreparo e falta de confiança. Normalmente estes movimentos aparecem quando os candidatos caem em contradição e não conseguem retomar ao estado emocional normal.

Caso isso aconteça o recrutador deve se atentar ao que está sendo dito e retomar posteriormente para constatar a veracidade destas informações.

3. Detalhes

Normalmente quando um candidato está mentindo e o recrutador explora os detalhes da questão em pauta chega-se a um momento onde não há mais respostas e a mentira pode ser detectada. Perguntas sobre datas, nomes, metodologias, ações e estratégias específicas são bons exemplos de perguntas que podem identificar contradições.