Deficiência Visual | Definições e Perspectivas

Por: Roni Silva

Caracterizada pela limitação ou perda das funções básicas do sistema visual e do olho, a deficiência visual é hoje a realidade para mais de 6,5 milhões de pessoas no Brasil.  O grau de visão passa por amplas possibilidades, desde a cegueira total, até a visão total ou perfeita. A deficiência visual compreende a cegueira e a baixa visão.

Segundo o Ministério da Educação, chama-se de baixa visão a alteração da capacidade funcional decorrente de fatores como rebaixamento significativo da acuidade visual, redução importante do campo visual e da sensibilidade aos contrastes e limitação de outras capacidades.

Entre os dois extremos da capacidade visual estão situadas patologias como miopia, estrabismo, astigmatismo, ambliopia, hipermetropia, que não constituem necessariamente deficiência visual, mas que na infância devem ser identificadas e tratadas o mais rapidamente possível, pois podem interferir no processo de desenvolvimento e na aprendizagem.

Uma definição simples de baixa visão é a incapacidade de enxergar com clareza suficiente para contar os dedos da mão a uma distância de 3 metros, à luz do dia; em outras palavras, trata-se de uma pessoa que conserva resíduos de visão.

Diagnóstico

Quando a dificuldade visual for detectada, a pessoa deve ser encaminhada ao oftalmologista que o encaminhará para serviços especializados. Após testes em que são analisadas todas as funções visuais, o diagnóstico é dado. É importante ressaltar que se houver a perda visual, o tratamento precoce, atendimento educacional adequado, programas e serviços especializados levam a uma vida independente e produtiva.

Estatísticas

Segundo dados do IBGE 23,9% da população brasileira declarou ter algum tipo de deficiência, em 2010. Entre as deficiências existentes, a deficiência visual é a mais comum, atingindo 3,5% da população do Brasil. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), as principais causas de cegueira no Brasil são: catarata, glaucoma, retinopatia diabética, cegueira infantil e degeneração macular.

Segundo dados do World Report on Disability 2010 e do Vision 2020, a cada 5 segundos, 1 pessoa se torna cega no mundo. Além disso, do total de casos de cegueira, 90% ocorrem nos países emergentes e subdesenvolvidos. Estima-se que, até 2020, o número de pessoas com deficiência visual poderá dobrar no mundo.

Em contramão, a OMS alerta que 80% dos casos de cegueira poderiam ser evitados se houvessem mais ações efetivas de prevenção e/ou tratamento. Ainda segundo a OMS, cerca de 36 milhões de pessoas no mundo são cegas e outras 217 milhões tem baixa visão.

A IMPORTÂNCIA DA INCLUSÃO

As pessoas com deficiência visual têm conquistado cada vez mais espaço na sociedade. Mas ainda há um longo caminho para percorrer.

Nesse sentido, existem instituições como a Fundação Dorina Nowill para Cegos, que há mais de 70 anos trabalha pela autonomia de crianças, jovens, adultos e idosos com deficiência visual (cegos e com baixa visão).


Além dos serviços gratuitos e especializados de habilitação e reabilitação, a Fundação Dorina oferece cursos de qualificação e consultoria para que a inclusão desses profissionais no mundo do trabalho aconteça de forma efetiva.

 

 

Está em busca de um novo emprego?

Você sabia que a Catho é gratuita para pessoas com deficiência e reabilitadas pelo INSS?

Todos os profissionais abrangidos pela Lei de Cotas assinam a Catho sem pagar nada. Para garantir seu acesso grátis, você só precisa:

– preencher o formulário de cadastro no site: catho.com.br/pcd

– se identificar como um profissional com deficiência

– anexar o laudo que caracteriza a deficiência ou o certificado de reabilitação no INSS

Após validação da nossa equipe, o seu acesso fica disponível para as mais de 4 mil vagas anunciadas diariamente no site.

Use e espalhe esse benefício para seus amigos, ajude a promover a inclusão.

Inscreva-se agora!

 

O que responder sobre pontos fortes e fracos na entrevista…

30 dicas para aproveitar os 30 dias gratuitos Catho

Seu currículo consegue vender sua imagem profissional?