Pedido de demissão na hora certa

Quando se pensa em pedir demissão muitos fatores devem ser levados em consideração, é fundamental saber aonde se quer chegar na carreira para tomar esta iniciativa. Para isso é necessário fazer questionamentos pessoais para identificar se esta será a melhor decisão.

É importante alinhar a decisão com as necessidades da família para que não ocorram problemas financeiros, além de, constatar se a decisão irá alavancar o plano de carreira de alguma forma.

Para Ramy Arany, co-fundadora do Instituto KVT, o pedido de demissão deve ser uma escolha verdadeira e fundamentada em razões que irão auxiliar a expandir e solidificar a carreira profissional.

Segundo a especialista existem algumas situações em que o pedido de demissão é a melhor opção, são elas:

– Quando há o convite para trabalhar em outra empresa para assumir um cargo melhor que propicia mais visibilidade ao profissional e seu trabalho.

– Quando há a oportunidade de assumir uma proposta de trabalho que irá favorecer a carreira bem como o financeiro.

– Quando não existe mais interesse pelo que se está fazendo (cargo, carreira, funções).

– Quando não existe mais identificação com os propósitos ou cultura da empresa.

– Quando existe alguma situação negativa que esteja envolvendo a ética e a moral, colocando em risco a dignidade de pessoas e da empresa.

É possível pedir demissão e continuar com as portas abertas?

De acordo com Ramy é comum uma pessoa pedir demissão e, depois de um tempo voltar a mesma empresa ou por ter sido chamado, ou por ter negociado seu próprio retorno. “Para que isto possa ocorrer, é necessário que se deixe as portas abertas quando pedir demissão. Isto significa deixar boas e sólidas relações positivas com a empresa, seja com a diretoria ou com os subordinados”, conclui.

Você é o hoje o profissional que sonhou quando criança?

Como destruir sua carreira mesmo entregando ótimos resultados

A forma adequada de se vestir no processo seletivo (Dress…