Mercado de trabalho para nutricionista

Entenda como funciona o mercado de trabalho para os profissionais de nutrição

Mercado de trabalho Nutricionista

Muitos imaginam o nutricionista como um profissional que atua apenas em clínicas e hospitais prescrevendo dietas. Mas essa visão está totalmente desalinhada com a realidade da profissão.

O mercado de trabalho para nutricionistas tem um vasto campo de atuação. Mas o que de fato vem aquecendo este mercado atualmente é o crescente interesse da população brasileira por um estilo de vida mais saudável – um fato constantemente apontado em pesquisas atuais. 

A preferência por alimentos mais saudáveis exige que as indústrias fabriquem novos produtos com mais qualidade nutricional.

Além disso, o crescente número de inscritos em academias acarreta numa maior quantidade de indivíduos interessados em manter uma alimentação eficiente que auxilie em seus treinos. 

Onde pode trabalhar um nutricionista?

Diversas áreas e segmentos empresariais necessitam do trabalho de um nutricionista, como por exemplo: 

  • Agências Públicas de Fiscalização
  • Hospitais
  • Clínicas
  • Instituições de ensino
  • Indústrias
  • Restaurantes
  • Cruzeiros
  • Academias
  • Supermercados

Vale lembrar que estas diferentes possibilidades de atuação existem devido às diversas especializações disponíveis para os estudantes de nutrição. Portanto, a especialização é crucial e uma poderosa aliada para que o profissional de nutrição esteja bem colocado no mercado de trabalho da sua profissão!

Separamos as áreas e especialidades que estão em alta no atual mercado de trabalho para nutricionistas:

Nutrição Esportiva

O nutricionista especializado em nutrição esportiva pode atender diferentes perfis de pessoas que praticam esportes e atividades físicas. 

Os perfis vão desde indivíduos que desejam iniciar na academia e ter bons resultados, até atletas de alto nível de diversas modalidades esportivas que desejam melhorar sua performance. 

Para estar apto a atender estes perfis, um nutricionista esportivo precisa ter conhecimentos que abrangem não só a nutrição, mas que também envolvem conceitos da educação física. É preciso compreender sobre:

  • Planejamento de cardápios nutritivos
  • Avaliações de composição corporal que usam indicadores além do típico IMC
  • Auxílio ergogênico em dietas
  • Treinamentos esportivos

As vagas para nutricionista esportivo estão em lugares como centros estéticos, academias e clubes. Alguns prestam atendimento à distância ou em consultórios próprios.

Nutrição Clínica

Esta especialidade dos profissionais de nutrição carrega consigo o objetivo de prestar assistência nutricional à pacientes de acordo com o quadro clínico que apresentarem.  

Note que o foco de um nutricionista clínico é totalmente o oposto de um nutricionista esportivo. Pois enquanto um nutricionista esportivo visa melhorar a performance de praticantes de atividade física que já estão saudáveis, um nutricionista clínico tem por objetivo melhorar com suas orientações nutricionais uma saúde que está debilitada.

Desenvolver dietas personalizadas que estejam alinhadas com diferentes quadros clínicos exige um bom conhecimento em doenças e as respectivas necessidades nutricionais que os tratamentos exigem – o que no âmbito da saúde é chamado de “dietoterapia”. 

As vagas de nutricionista clínico podem estar em grandes hospitais e centros clínicos. Mas caso o nutricionista clínico opte por seguir uma subespecialidade chamada de  “nutrição ambulatorial”, ele poderá prestar assistência à pacientes em locais como asilos ou clínicas de estética.

Indústria e Gastronomia

O que muitos não imaginam é que os nutricionistas são profissionais de extrema importância no setor industrial e gastronômico. Estas são áreas de atuação das quais ele desempenha atividades que vão muito além de dietas.

Atualmente os nutricionistas se tornaram necessários e estão sendo incluídos nas etapas e processos de industrialização dos alimentos. Nestes casos, eles podem participar de diferentes tipos de projetos, tais como: 

  • Criação de novos produtos
  • Rotulagem 
  • Análise de nutrientes dos produtos já existentes
  • Consultorias
  • Treinamentos para funcionários.
  • Implementação de regras sanitárias

No setor gastronômico, restaurantes necessitam de nutricionistas para a elaboração e manutenção dos cardápios, além de orientações para higienização de alimentos e controle de qualidade.

Em indústrias e restaurantes os nutricionistas também são fundamentais para a elaboração dos cardápios dos refeitórios dos funcionários. Eles entram em cena analisando as necessidades nutricionais dos trabalhadores, levando em conta suas atividades exercidas e suas jornadas de trabalho.

Quanto um nutricionista ganha?

O salário de um nutricionista varia de acordo com uma série de fatores. É preciso definir primeiramente se o nutricionista está trabalhando em consultório próprio ou se está contratado por alguma instituição recebendo seu salário fixo. 

Após isso, se o nutricionista tiver um empregador, é preciso considerar o ramo de atuação da instituição, o estado em que está trabalhando – pois o piso salarial varia de acordo com o estado –  e claramente, a sua especialidade. Geralmente o piso salarial é maior para nutricionistas que atuam em indústrias.

De acordo com o Guia de Profissões e Salários da Catho, estas são as médias salariais de um nutricionista:

  • Nutricionista Esportivo : R$2.022,12
  • Nutricionista Clínico:  R$2.400,56
  • Nutricionista de Qualidade: R$2.357,84
  • Nutricionista de Produção: R$2.281,93

A maior média salarial é dos Supervisores de Nutrição, que ganham em média R$2.880,79.

Quanto ganha um nutricionista com consultório próprio?

Se estiver empreendendo com seu próprio consultório, muitos fatores influenciarão no salário do nutricionista. Como por exemplo, os custos para a manutenção do consultório, o preço cobrado pelas consultas, a quantidade de consultas realizadas por mês, funcionários, e se o consultório tem parceria com convênios médicos. 

A Tabela de Honorários atualizada da Federação Nacional dos Nutricionistas mostra os valores que um nutricionista deve se basear ao precificar os seus serviços. 

Ela nos mostra que o valor base de uma consulta clínica ou avaliação nutricional é de R$144,75, enquanto que as consultas realizadas através de convênios devem custar R$72,37.

Logo, para saber quanto ganha um nutricionista com consultório próprio, basta utilizar estes valores numa conta que utilize todos os fatores de receitas e despesas envolvidos na manutenção de um consultório próprio, como os citados acima.

Quanto ganha um nutricionista esportivo?

De acordo com o Guia de Profissões e Salários da Catho, um nutricionista esportivo ganha em média R$2.022,12. Mas claramente esta informação faz referência apenas à nutricionistas que estão contratados por alguma instituição.

Um nutricionista esportivo com consultório próprio pode chegar a ganhar mais que esta média salarial.  Afinal, o preço de uma consulta, avaliação nutricional e a quantidade de pacientes são fatores que podem se elevar de acordo com o reconhecimento do nutricionista em sua região.

Nutricionistas esportivos que atendem grandes atletas profissionais e famosos, chegam a ganhar mais de R$4.000 por consulta.

Como ganhar bem sendo nutricionista?

Para ganhar bem sendo nutricionista, é fundamental investir numa pós-graduação para especializar-se em alguma das áreas da nutrição. Afinal, os nutricionistas especializados são os que mais se destacam no mercado de trabalho para nutricionistas.

Com os conhecimentos e formações em dia, é hora de investir na divulgação de seus serviços e  imagem pessoal. Atualmente, muitos profissionais da nutrição criam redes sociais com informações nutricionais e dicas de receitas saudáveis, que atraem muitos seguidores interessados pelos seus serviços, além de ajudar a criar uma boa reputação profissional.

Por fim, não caia na falácia que todos os nutricionistas com consultórios próprios estão destinados a ganhar muito dinheiro sendo o próprio chefe. Abrir um consultório é um empreendimento como qualquer outro que precisa que muitos itens sejam avaliados, traz consigo muitos riscos e requer um bom investimento.

FAQ 

Como está o mercado de trabalho para nutricionista?

Com a sociedade adotando um estilo de vida saudável, o mercado de trabalho brasileiro para nutricionistas está aquecido e com diversas oportunidades de atuação, com ênfase no segmento esportivo, industrial, gastronômico e clínico.

Quanto ganha um nutricionista?

O salário de um nutricionista depende de uma série de fatores, como o estado, a especialização, e o ramo de atuação. De acordo com o Guia de Profissões e Salários da Catho, a média salarial de um nutricionista é de R$2.447,20.

O que é nutricionista?

Nutricionista é a profissão do profissional formado em ciências nutricionais. O nutricionista atua levando informações nutricionais à seus pacientes ou empresas, e pode trabalhar em diversos lugares, como hospitais, academias, indústrias, restaurantes, e até cruzeiros.

Como é a consulta com nutricionista?

A consulta com o nutricionista geralmente se inicia com uma avaliação nutricional que avalia a composição corporal do indivíduo, e prossegue com a elaboração de prescrições nutricionais que estarão em sincronia com a situação do paciente.

O que é avaliação nutricional?

A avaliação nutricional é  uma consulta ao nutricionista que tem por objetivo diagnosticar a situação nutricional do indivíduo. Traz informações relativas à composição corporal da pessoa e déficit de nutrientes do organismo.

Como se tornar um analista financeiro

Como fazer um currículo de auxiliar de produção

Sem emprego na crise do Coronavírus? 5 passos para voltar…