O que fazer para não procrastinar?

Procrastinar é o simples ato de deixar para depois algo que precisamos ou desejamos fazer. Analisando a situação podemos ter a percepção de que este comportamento é ilógico, mas pense: quantas vezes por dia você procrastina alguma atividade?

A procrastinação é um comportamento que pode ocorrer nas mais diversas situações, afetando qualquer área da sua vida. Você pode procrastinar no seu ambiente de trabalho, em suas atividades domésticas e, até mesmo, em momentos de lazer, durante as suas férias.

Como qualquer hábito, quanto mais repetimos a ação, mais forte se torna. Ou seja, se você procrastinar diariamente, o seu cérebro se acostumará com esta ação e passará a entendê-la como algo normal. Assim, passará a agir inconscientemente, de forma automática, deixando tudo para depois.

Procrastinar é uma ação natural para todo ser humano. Todos procrastinamos alguma atividade, principalmente nos dias atuais em que temos rotinas mais aceleradas e recheadas de tarefas. Aliando a isto, vivemos cercados de distrações que servem de gatilhos para a procrastinação: basta você olhar para o seu celular (redes sociais, notícias, e-mails, propagandas, etc.).

Portanto, saiba que para não procrastinar você precisa fazer um movimento diário: deverá ter estratégias que façam um movimento contrário, te posicionando à execução das tarefas, realmente, importantes na sua vida. É sobre isto que falarei neste artigo.

 

Entenda com clareza a atividade

Podemos procrastinar por não perceber a real importância da atividade. Portanto, pergunte-se o que ganhará ao executar a atividade. Em seguida, pense no que perde se procrastinar. Isto te levará a perceber o impacto da tarefa em sua vida e se, realmente for importante, você se posicionará para agir quase instantaneamente.

Em seguida, perceba se há alguma forma mais fácil de fazer a atividade ou com maior prazer. Geralmente, alternando pequenos detalhes, podemos transformar algo insuportável em uma tarefa prazerosa. Se precisa ler um manual ou estudar algo, busque um local mais agradável ou estude em blocos menores. Se precisa executar uma atividade operacional, é possível executá-la ouvindo as melhores musicas para você?

 

Faça primeiro o que é importante

Planeje a sua semana toda sexta-feira (que costuma ser um dia de trabalho mais tranquilo). Defina as atividades importantes da semana, separando 3 a 6 tarefas por dia. Isto te trará mais clareza sobre as suas prioridades e te permitirá iniciar o dia com uma lista clara e simples do que deve ser feito.

Para afastar a procrastinação de vez, execute estas atividades mais importantes pela manhã. Assim, caso os imprevistos do dia te peguem, você já terá feito as suas principais atividades. Ter uma agenda com horários livres é fundamental para conseguir resolver estas situações que não estão em seu controle.

Feito isso, crie formas de delegar as atividades não importantes da sua vida ou, se possível, simplesmente as exclua. Quando começar a pensar sobre isto, perceberá que poderá ganhar tempo eliminando tarefas inúteis e delegando aquele relatório chato ou aquela reunião desnecessária para algum membro da sua equipe.

 

Visualize o futuro da tarefa

Pensar na execução passo a passo de uma tarefa pode ser uma ótima forma para aumentar nossa procrastinação. Esta é uma das formas negativas de se motivar. Por exemplo, se precisa elaborar um plano de negócio (ou deseja ir para a academia), evite, ao máximo, se imaginar executando cada etapa da tarefa, nas dificuldades que terá e no quão desgastante é a sua execução.

Portanto, para combater a procrastinação, visualize apenas o momento da conclusão da tarefa e perceba como esta conclusão te ajuda em seus objetivos. Se possível, imagine este momento final da tarefa com detalhes, visualizando, até mesmo, o que sentirá, ouvirá e verá. Após este exercício, faça uma contagem regressiva (3, 2, 1 e já) e entre em ação! É infalível.

 

Espero que estas dicas tenham lhe ajudado. Lembre-se você parará de procrastinar apenas quando morrer. Portanto, aplique e repita as atividades acima para que possa aprender a combater a procrastinação. Quanto mais aplicar, mais fácil será este processo!

 

_

Sobre o autor
Allan Lopes é  Coaching Sistêmico, membro da Internacional Coach Federation, Master Practitioner em PNL e especialista em gestão de performance e em processos de mentoring e coaching aplicados ao ambiente corporativo. Sócio da Soar Desenvolvimento Humano e responsável pela área de Consultoria em Recursos Humanos.

3 fatores que atrapalham profissionais maduros a voltarem ao mercado…

Barreiras da inclusão no mercado de trabalho

Como conseguir emprego sem experiência?