10 dicas para elaborar um currículo nota 10

Autor: Allan Lopes

Como responsável por um consultoria em recursos humanos que realiza projetos de recrutamento e seleção, recebo semanalmente dezenas de currículos. E ainda me assusta como a grande maioria dos currículos não é objetivo, muitos não possuem o nível de detalhe adequado para se conhecer o perfil do profissional, além de outros problemas que dificultam a seleção dos candidatos.

Entendo que isto é justificável, pois em toda nossa formação, seja no ambiente escolar ou no ensino superior, não recebemos nenhum apoio para escrever um currículo adequadamente. Pense comigo, você só vai entrar no mercado de trabalho e conseguir o emprego que deseja se tiver um bom desempenho no processo seletivo e, para isso, o primeiro passo é escrever um bom currículo, porém ninguém te ensinou como fazer isso.

Pensando nisso, e após presenciar diversos profissionais com potencial não avançarem nos processos seletivos, decidi criar um eBook para que qualquer candidato possa baixar gratuitamente e aprender como elaborar um currículo campeão. São 37 páginas repletas de dicas e informações fundamentais para te ajudar nesta etapa.

Abaixo, listo resumidamente os 10 passos para elaborar um currículo perfeito que incluí no eBook:

1. Entenda a importância do currículo

O currículo ainda é a principal ferramenta na conquista por um emprego. A fase de triagem de currículos é primeira etapa utilizada na grande maioria das empresas para seleção dos candidatos e pode de eliminar do processo de imediato. Portanto, se você ainda não se preocupa com seu currículo, entenda que seus resultados continuarão a ser comprometidos.

2. Prepare-se para escrever seu currículo

Como em qualquer atividade, a preparação é a chave do sucesso e com o currículo não deve ser diferente. Antes de sentar para escrever seu currículo, você precisa entender quais são seus objetivos profissionais, como por exemplo qual o tipo de vaga que pretende atuar e as empresas que se encaixam com seu perfil.

3. Cuide do design de seu currículo

Na grande maioria das situações, a simplicidade e a objetividade podem ser muito mais importantes do que um currículo inovador e diferenciado. Salvas raras exceções (como se estiver se candidatando para uma vaga de design gráfico ou publicidade), menos é mais ao apresentar seu perfil profissional em um processo seletivo.

4. Estruture seu currículo adequadamente

Ao desenvolver um currículo, seu foco deve estar em facilitar a vida do recrutador para que ele encontre as informações rapidamente. Caso isso não aconteça seu currículo pode ser descartado ou ser mal interpretado. Portanto, garanta que seu currículo esteja dividido em seções como: dados pessoais, objetivo, histórico profissional, formação acadêmica e outras qualificações.

5. Preencha seus dados pessoais no currículo

O recrutador precisa de seus dados para entender parte de seu perfil e para conseguir entrar em contato com você para futuras etapas de seleção. Assim, descreva seu nome completo, endereço residencial, bairro, cidade, celular com DDD, telefone residencial com DDD ou algum outro número de telefone no qual você possa ser encontrado, e-mail, nacionalidade, idade, estado civil e número de filhos.

6. Descreva seu histórico profissional no CV

As suas experiências profissionais anteriores podem ser os principais critérios para a conquista de seu emprego. Você deve apresentar de maneira sucinta, em seu currículo, suas experiências profissionais: a empresa que trabalhou, o período de atuação neste trabalho, o cargo que exercia e quais eram as suas responsabilidades no cargo.

7. Informe sua formação acadêmica no currículo

Principalmente para os candidatos que não possuem uma sólida experiência profissional, a formação acadêmica pode ser um diferencial na conquista pelo emprego, desde que seja informada com precisão. A forma mais adequada para preencher esta seção exige que informe a graduação obtida, o nome da instituição de ensino, a cidade na qual se formou e o mês e ano de conclusão.

8. Apresente outras qualificações

A última sessão do seu currículo não é menos importante que as demais. Neste ponto você pode esclarecer melhor sua real aderência à vaga através dos conhecimentos em idiomas que possui, de cursos de curta duração que complementam sua formação e experiências que realizou (como intercâmbios ou trabalhos voluntários).

9. Revise com cuidado seu currículo

Após a confecção do seu currículo, é importante você dedicar tempo para revisá-lo com cuidado para evitar erros clássicos, como por exemplo um currículo com mais de 2 páginas de extensão, com erros de português ou com informações duvidosas. Passe um pente fino e verifique se não existe nenhum ponto que possa contar contra você e prejudicar seu desempenho no processo seletivo.

10. Entre em ação para conquistar o emprego!

Mesmo com todo o conhecimento existente no mundo, você não terá resultados em sua vida se não for capaz de aplicá-lo na busca pelo seu objetivo. Portanto, absorva todo o conhecimento que puder e, logo em seguida, entre em ação, ou seja, faça o que precisa ser feito. Isto não serve apenas para conquistar seu emprego, mas para qualquer objetivo que tenha.

_
Sobre o autor
Allan Lopes é  Coaching Sistêmico, membro da Internacional Coach Federation, Master Practitioner em PNL e especialista em gestão de performance e em processos de mentoring e coaching aplicados ao ambiente corporativo. Sócio da Soar Desenvolvimento Humano e responsável pela área de Consultoria em Recursos Humanos

Como montar um bom currículo?

Você está preparado para atuar no RH do futuro?

Como é a técnica da constelação aplicada a você e…