Pensamentos que destroem a carreira de qualquer estagiário

Por: Allan Lopes

O estágio é um instrumento de enorme importância na construção de um excelente perfil profissional. É a possibilidade de aprender sobre o real mercado de trabalho, entender como é este universo e o que é preciso ser feito para construir uma carreira de sucesso ao longo dos próximos anos de trabalho.

Segundo a própria Lei 11.788 de 25/09/2008, que define os parâmetros das contratações de estagiários: “O estágio visa ao aprendizado de competências próprias da atividade profissional e à contextualização curricular, objetivando o desenvolvimento do educando para a vida cidadã e para o trabalho.

Porém, muitos profissionais veem no estágio apenas uma obrigação imposta pela escola técnica, faculdade ou universidade. Perceber o estágio como uma tarefa obrigatória, impede o próprio estagiário de aproveitar todas as oportunidades que esta situação lhe oferece, como:

  • Construir de ótimos relacionamentos com colegas de trabalho, supervisores, clientes e fornecedores (que podem oferecer novas e melhores oportunidades de trabalho amanhã);
  • Aprender sobre a forma adequada de se comportar nas diferentes situações do trabalho, desenvolvendo maior inteligência emocional e alinhando os conceitos teóricos aos práticos;
  • Entender o funcionamento da organização e das pessoas com quem trabalha, identificando se este ambiente está de acordo com seus objetivos e com seus valores pessoais.

 

Quando o estagiário não percebe nenhuma oportunidade (nem mesmo as que descrevi acima), ele pode assumir pensamentos e comportamentos que não são difíceis de identificar em algumas empresas. Essas ações são tão prejudiciais para sua carreira, que vou listar algumas para que você possa avaliar e se afastar ao máximo de cada uma delas!

Para que me dedicar se meu contrato de estágio termina no final do ano?

É verdade que o estágio é uma fase de aprendizado, porém é importante que o profissional não se acomode com as atividades que lhe são oferecidas. Correr atrás de novas responsabilidades, maiores aprendizados e demonstrar uma postura pró-ativa pode lhe garantir a efetivação ao término do seu contrato ou uma ótima visibilidade junto a sua liderança. Lembre-se, quem não é visto, não é lembrado.

Ninguém vai ficar sabendo mesmo…

Um dos piores erros que um estagiário pode cometer é iniciar sua carreira com uma postura defensiva e, principalmente, irresponsável. Errar nesta fase de sua carreira não é um problema, mas ocultar os erros criados ou fingir que não aconteceram é fatal! Ficar se desculpando também não é o caminho. Assuma os seus erros assim que acontecerem e demonstre disposição para repará-los, sempre buscando orientação de como prosseguir. Às vezes tentar corrigir um erro sem experiência pode criar problemas ainda maiores.

Para que deixar para amanhã o que posso deixar para lá!

Já seria um enorme problema se o estagiário “deixar para amanhã o que ele pode fazer hoje”, mas alguns ainda insistem em piorar este cenário, simplesmente, ignorando certos detalhes ou orientações que foram lhe passadas, pelo simples fato de não considerarem relevantes. Aceite a sua posição e respeite cada orientação que foi passada, isto pode não fazer sentido para você hoje, mas te ajudará a ser um profissional melhor amanhã.

Eu não preciso me vestir como os outros, afinal sou o estagiário.

Muitos estagiários por ter um modelo de contrato diferente dos profissionais efetivados não se sentem parte do negócio e, por isso, consideram que podem fugir de algumas regras de conduta ou políticas da empresa que trabalha. Esse é um ótimo caminho para criar, ainda mais, distância com a organização e forçá-la a não te efetivar. Faça parte da empresa, vista-se como os outros colaboradores se vestem, respeite os valores da empresa e ajude-a a atingir sua missão. Faça a sua parte e desenvolva o senso de pertencimento, isto é fundamental.

Atrasar 5 minutos não atrapalha em nada…

Atrasar é um dos comportamentos “aceitos” por nossa sociedade. Estamos muito acostumados a tolerar esses pequenos atrasos como se fosse algo normal. Porém, felizmente, não é! Atrasos demonstram a sua falta de respeito com o tempo da outra pessoa ou com o contrato que você assinou com a empresa. Se existe um alinhamento prévio, não atrase para chegar o serviço, para entregar um relatório e para demonstrar que você é um profissional maduro e com vontade de crescer rápido!

A sua carreira é uma estrada que vai ser percorrida durante toda a sua vida profissional. Cada um dos comportamentos descritos acima são obstáculos ou barreiras para que prossiga nesta estrada. Alguns deles podem ser tão grandes que não te permitirão seguir seu caminho, ou seja, destruirão definitivamente a sua carreira.

_
Sobre o autor
Allan Lopes é  Coaching Sistêmico, membro da Internacional Coach Federation, Master Practitioner em PNL e especialista em gestão de performance e em processos de mentoring e coaching aplicados ao ambiente corporativo. Sócio da Soar Desenvolvimento Humano e responsável pela área de Consultoria em Recursos Humanos.

Saiba como evitar a sobrecarga de ambientes estressantes

Como ter uma recolocação profissional rápida e adequada

Perguntas que você deve fazer para se destacar na entrevista…